Marking World Antimicrobial Awareness Week with new OpenWHO course


WHO is developing an educational portfolio to help health staff take necessary actions to reduce the occurrence of Antimicrobial Resistance (AMR), which WHO has declared to be one of the top 10 global public health threats facing humanity.

The portfolio is based on adult learning principles that encourage learners to apply knowledge to improve health practices within their current job function.

Resources include a new OpenWHO course covering the principles and best practices of sexually transmitted infection (STI) treatment and optimal antimicrobial use and stewardship. The course is targeted to clinical providers, such as nurses, midwives, doctors and pharmacists, and was launched ahead of World Antimicrobial Awareness Week from 18-24 November.

Click here to watch a video to learn more about the AMR educational portfolio, which will continue to be rolled out in 2022. You can also learn more about AMR by participating in other courses featured on OpenWHO’s AMR learning channel or by visiting the WHO website.

Expanding capacity to tackle Neglected Tropical Diseases through online learning


Neglected Tropical Diseases (NTDs) comprise 20 diseases or disease groups that affect more than 1 billion people, mainly living in poor, remote communities in the world’s tropical and sub-tropical areas. Some are associated with disabilities, deformities and social exclusion. Others are fatal without timely treatment. NTDs are often ignored or poorly known and therefore become devastating for affected individuals and their communities.

OpenWHO has played a critical role by enabling the continuation of training activities on NTDs as COVID-19 continues to seriously disrupt implementation of programmes and prevent on-site training courses on NTDs from being conducted. A major contribution to building capacity for public health control and management of NTDs has thus been the creation of a free-access learning channel on OpenWHO.org. The NTD channel was launched in March 2021 in collaboration with the Department of Control of NTDs at WHO headquarters.

The platform currently hosts 6 NTD-related courses in English; some courses are also available in Arabic, French, Portuguese, Russian and Spanish, with additional translation underway. The 6 courses cover a wide area of work, including NTDs in the context of COVID-19, rabies and One Health, and skin NTDs (mycetoma, podoconiosis, scabies and tungiasis). The pandemic has resulted in the need to adapt NTD activities and community-based interventions to ensure safe delivery; all of these components are covered in the OpenWHO course on NTDs in the context of COVID-19 to support countries in maintaining essential health services.

Thus far, the NTD courses have totaled over 20 000 enrolments. More than 10 additional courses are being developed to provide a wider offering of online training resources dedicated to NTDs.

OpenWHO user trends shift to serve new demographics during the pandemic


The COVID-19 pandemic has equalized the use of OpenWHO.org by gender. Prior to the pandemic, women represented 40% of platform learners, while men represented 60%; during the pandemic, the proportion of women participating in online learning on OpenWHO grew to 51%, slightly overtaking male learners (49%). The percentage of users identifying their gender as ‘other’ also increased from 0.08% to 0.15%. In courses on topics other than COVID-19, female learners provided fewer enrolments (43%).

Completion rates on OpenWHO have increased from 39% to a platform average of 54% during the pandemic. The platform has also expanded its reach to older and younger user groups. The age bracket of 70 years and older rose from 0% to 4.6% of learners, and users under 20 years have grown from 1.3% to 9.8%.

During the pandemic, enrolments from the WHO African Region have decreased from 23.1% to 8.6% of total enrolments, as interest in COVID-19 courses globally has outpaced courses addressing other, more regionalized outbreaks. Meanwhile, COVID-19 courses are both the most popular and have increased enrolments in the Southeast Asian (36%) and American (26%) regions.

When platform use is assessed based on countries’ classification by income level from the World Bank, additional shifts during the pandemic can be observed. Middle-income countries now dominate as the largest percentage of users (rising from 40.2% to 70.6% of total enrolments).

New course available: Influenza prevention and control


Influenza causes 3-5 million cases of severe illness and up to 650 000 respiratory deaths a year globally. Lower respiratory infections are the leading cause of death in low-income countries annually. Some populations are particularly vulnerable to seasonal influenza, either because they have a greater risk of exposure or because they have a greater risk of developing severe disease: pregnant women; health workers; people with chronic health conditions (such as diabetes, HIV, asthma, heart or lung disease); people over the age of 65 years; and children from 6 months to 59 months.

This course on Influenza prevention and control provides an overview of the tools to prevent and control influenza such as seasonal influenza vaccines, diagnostics and therapeutics. The training is intended for health workers and other stakeholders involved in preventing and treating influenza.

You can access more influenza-related courses through our Preparing for Pandemics channel, where you can learn more about the disease, surveillance, vaccination and risk communication.

Join us today and help protect the vulnerable this flu season!

Celebrating International Translation Day on 30 September: OpenWHO multilingual approach advances equity


In pursuit of equitable access, the OpenWHO team of the Learning and Capacity Development Unit has worked across the 3 levels of the Organization, and in particular together with WHO country and regional offices, to translate WHO’s evidence-based guidance into learning in the languages of Member States. Volunteer translators, public health institutes, Translators Without Borders and professional translation companies have been contributing to the translation work.

OpenWHO has translated COVID-19 online courses into as many languages as possible, nearing 60 languages on the platform, as WHO strives to ensure equitable access. Priority has been given to languages spoken by vulnerable or underserved populations in low- and middle-income countries as learning available in preferred languages enhances uptake and comprehension. These 56 languages available on OpenWHO include the official languages of every WHO region, the 15 most commonly spoken languages worldwide and the official languages of 43 out of 46 of the least-developed countries.

A total of 10.5 million words have been translated thus far and on average, each of OpenWHO’s COVID-19 courses has been translated into 4.8 languages. The 2 courses available in the most languages are the Introduction to COVID-19 course available in 44 languages and the Infection Prevention and Control course in 24 languages.

Multilingualism in OpenWHO's large-scale online production strategy has already resulted in 5.7 million course enrolments driven largely by 38 COVID-19 courses. The top 10 languages by enrolment are English (76.2%), Spanish (13.0%), French (3.1%), Arabic (1.5%), Portuguese (1.5%), Indian sign language (1.0%), Hindi (0.7%), Indonesian (0.6%), Russian (0.5%) and Italian (0.4%).

Novos cursos e idiomas na OpenWHO este mês


Newsletter mensal

Poderá aceder à newsletter mais recente aqui. Os destaques da newsletter estão também disponíveis em chinês, francês, português, russo e espanhol.

Novos cursos e idiomas para a COVID-19

Novos cursos lançados

Temos o prazer de anunciar os seguintes cursos para a COVID-19:

Novos cursos sobre temas de saúde:

Novas traduções:

30 de Setembro é o Dia Internacional da Tradução! A OpenWHO está empenhada em traduzir os nossos cursos COVID-19 para o maior número de línguas possível, particularmente as faladas por comunidades carenciadas e vulneráveis, a fim de tornar os conhecimentos críticos pandémicos acessíveis a todos.

As 7 traduções que se seguem foram lançadas este mês:

  • Gestão clínica: Abordagem inicial em espanhol
  • Gestão clínica: Considerações gerais em holandês
  • Gestão clínica: Investigações e cuidados para doenças leves, moderadas e graves em hindi e nepalês
  • Gestão clínica: Reabilitação de doentes com COVID-19 em francês
  • Go.Data em ucraniano
  • Centro de Operações de Emergências de Saúde Pública em russo

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 38 cursos sobre COVID-19, espalhados por 53 línguas. Todos os cursos para o COVID-19 podem ser consultados aqui. Pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por língua. Pode também aceder aos nossos catálogos que mostram todos os cursos e línguas disponíveis para a COVID-19 e outros tópicos de saúde aqui.

Curso online na OpenWHO sobre a Estratégia Regional para a Vigilância e Resposta Integrada às Doenças da OMS AFRO

O objectivo do pacote de formação é contribuir para a implementação da estratégia regional do Escritório Regional Africano da OMS para a vigilância e resposta integrada às doenças: 2020-2030 para a prevenção e resposta a emergências sanitárias. A 3ª edição das diretrizes técnicas da estratégia, descreve explicitamente o que deve ser estabelecido a cada nível do sistema de saúde para detetar e responder a doenças, condições e eventos de saúde pública responsáveis por doenças, mortes e deficiências evitáveis nas comunidades locais.

O pacote de formação será constituído por cinco cursos em inglês, francês e português. Até à data, o Curso 1 está disponível em inglês e francês e os restantes 4 cursos estão todos disponíveis em inglês. Todos os cursos deverão ser lançados em francês e português até ao final de 2021.

Novos países adicionados ao portal "Apoio aos Países" na OpenWHO

Foram acrescentados outros países ao portal "Apoio aos Países": Azerbaijão, Índia, Nepal e Somália. Este portal oferece recursos de aprendizagem para apoiar a resposta do país à pandemia de COVID-19 em curso e a outras ameaças à saúde. Criado em colaboração com os Escritórios da OMS e Ministérios da Saúde, os recursos baseados na orientação científica da OMS estão disponíveis na(s) língua(s) oficial(ais) de cada país para capacitar os trabalhadores da saúde da linha da frente, os decisores políticos e o público.

Com os melhores cumprimentos,

Equipa OpenWHO

Celebrating International Day of Sign Languages


23 September is International Day of Sign Languages! Our Indian sign language course on COVID-19 has more than 54 000 learners, with top enrolments from India, Bangladesh and Pakistan.

The course consists of 4 videos in Indian sign language, which provide an introduction to COVID-19 and show how to safely wear fabric and medical masks. It also includes a module customized for children with disabilities, with 2 text resources that cover the hygiene rules and precautions to prevent the spread of COVID-19.

The Rehabilitation Council of India has included the course in the list of WHO modules recommended for rehabilitation professionals to upgrade their knowledge and skills during the pandemic. It has also been highlighted by national and international media.

Read more in our 'Stories from the field' feature here.

OpenWHO research paper on real-time pandemic learning response wins Best Education Paper Award


The Best Education Paper Award was given to the full research paper "Delivering WHO’s Life-Saving Information in Real-Time During a Pandemic Through an Online Learning Platform: Evidence from Global Use" by the 31st Medical Informatics Europe (MIE) 2021 conference on the topic of Public Health and Informatics.

A total of 261 papers were presented in the conference and 2 awards were granted. The “John Mantas” Best Education Paper awarded research paper was published under the thematic area of Human Factors and Citizen Centered Digital Health and can here found here.

The full MIE 2021 Conference Proceedings are available here.

[Webinar invitation] #LearningSavesLives Webinar Series - Protecting communities from Sexual Exploitation and Abuse (SEA): are we doing enough?


Exploring challenges and opportunities for inter-agencies work to prevent SEA

Date: Wednesday, 15th September 2021

Time: 13:00 - 14:30 Central European Time

Register now

Panelists:

  • Ms Domenica Costantini, PSEA specialist, United Nations Population Fund, UNFPA
  • Ms Wendy Cue,OCHA Senior Coordinator for Protection from Sexual Exploitation and Abuse (PSEA) and Sexual Harassment, Inter-Agency Standing Committee (IASC) Secretariat, United Nations Geneva
  • Dr Ibrahima Socé Fall, Assistant Director-General, Emergency Response, WHO
  • Ms Mariska De Keersmaecker, Protection from Sexual Exploitation and Abuse (PSEA) Officer International Organization for Migration, IOM

WHO has a zero-tolerance policy towards all forms of Sexual Exploitation, Abuse and Harassment (SEAH) and is committed to capacitating our workforce, partners and collaborators to prevent, protect from and respond effectively and quickly to any allegation of SEAH. Joining force across agencies to fight SEAH can power our efforts and positively impact communities, victims and survivors directly. For the rest of 2021, WHO, together with our partners and experts across the world, we will run a learning series #StopSEAH under hosted by our #LearningSavesLives movement. This and other webinars in the series offer a unique platform for social exchange and learning from each other. This first webinar in the series will focus on the progress and challenges that humanitarian and emergency response agencies face in combatting SEAH. It will look at what exists, the achievements to date and the barriers that still persist.

Moderator: Dr Gaya Gamhewage, Director a.i., Prevention & Response to Sexual Exploitation, Abuse and Harassment (PRSEAH), WHO

In this webinar series, you will:

  • Discuss main challenges faced by PSEA experts in countries
  • Share experiences including best practices and lessons learned from PSEA experts and other institutions
  • Define WHO’s contributions to countries inter agency network
  • Discuss WHO’s reporting mechanism is described and know by experts and interventions to enhance reporting of SEA
  • Share experiences in reinforcing community engagement

#OpenWHO #LearningSavesLives #StopSEAH

OpenWHO multilingualism effort recognized in UN multilingualism audit report


Since the Learning and Capacity Development Unit of the WHO Health Emergencies Programme was formed in October 2018, following what constituted the WHO Ebola Training Team of 2014–2015, multilingualism has been brought to the core of emergency learning. This was recognized in the 2020 United Nations Multilingualism in the United Nations system Joint Inspection Unit report.

According to the report, “WHO is well prepared and operational in producing materials for emergencies based on lessons learned and findings made during the Ebola West Africa outbreak, which have been progressively turned into practices. The new solutions and services put into practice, which relate mainly to capacity-building among staff and knowledge transfer, include: (a) local language translation capacity; (b) unlimited online dissemination to the frontline through a dedicated low-bandwidth platform; and (c) a process to turn evidence-based and emergency guidelines into knowledge resources for responders.

“As also recently experienced with the coronavirus disease (COVID-19) pandemic, disease transmission chains cannot be stopped unless people understand how to keep themselves and their families safe. This means communicating in the right languages and formats for the widest possible audience at each location. These findings highlight the need for better information on the comprehension levels and communication preferences of people across affected and at-risk areas.”

Suriname nursing school embraces online learning during COVID-19 pandemic


The Elsje Finck-Sanichar College COVAB in Suriname specializes in the education of nurses and caretakers. COVAB and the Pan American Health Organization (PAHO)/ World Health Organization (WHO) have cultivated a longstanding relationship, and PAHO has facilitated the improved access for students and staff to the online educational platform OpenWHO. During the pandemic, five key courses related to COVID-19 were translated and offered in Dutch, making the material even more accessible for the local college.

PAHO spoke with Winamba Bamoeje, Education Manager at COVAB and Farzana Mohamed, who recently graduated from COVAB as a nurse practitioner, about the use of the OpenWHO courses during the pandemic.

How has education at COVAB changed since the pandemic hit Suriname?

“When the first COVID-19 case was confirmed in March 2020, COVAB removed all its students from healthcare institutions to assess the situation and generate next steps”, Mrs. Bamoeje tells us. A 3-week holiday was announced for the students and during that time, our management team and Director worked towards a solution to continue all educational tracks at COVAB so the students would not get behind on their studies. The college decided to implement distance-learning and on April 14th, 2020, we started offering classes online using Microsoft Teams. All planned exams, were taken online, including the final presentation by the students. Farzana (Mohamad) was in one of the first batches of students that completed their educational track with COVAB online.

“We as students were very happy with this quick response and sustainable solution by COVAB, and didn’t experience any delay”, added Ms. Mohamed.

“Because of distance-learning, I along with many other students found that this also created opportunities for us to work in addition to studying, which was a bit more difficult before, with the face-to-face classes.”

How has the organization adapted to distance-learning and what are the constraints in terms of distance-learning?

“Converting an institution that has always operated in-person to digital teaching methods is always difficult – the right software and enough hardware (computers) being of the utmost importance. Therefore, we were incredibly grateful that PAHO donated equipment for distance-learning such as laptops and cameras to our institution. When the OpenWHO courses for healthcare staff launched in English, we implemented an active participation policy for these courses, making them mandatory for our students. The language barrier was deemed a challenge in many instances however for both students and staff."

"After the courses had been translated and offered in Dutch by PAHO/WHO however, the participation rate went up and we received many positive responses from both staff and students alike”, explained Mrs. Bamoeje.

We implemented the use of Microsoft Teams throughout our organizations and offered “learning packages” to our students consisting of (handouts of) PowerPoint presentations, materials, and class planning. The Dean would regularly check up on the students, and if they informed us that they did not have access to internet we arranged an allowance of 50 SRD per day to activate internet on their phones or invited them to use COVAB’s Wi-Fi on site.

Getting our staff, as well as freelance educators, proper training to teach online, came with certain challenges. Digital literacy proved to be an issue in some instances, and with more than 300 teachers, providing the training, to work with distance-learning tools was quite challenging at times.

“Some students found it difficult to study in their own time, because holding oneself accountable and responsible is not everyone’s strong suit”, Ms. Mohamed elaborated, “But I do think it also helps to develop these skills, so it’s certainly not a negative development in my opinion. The OpenWHO courses are also very easily accessed through a mobile application, making them very user-friendly. Time management during this hectic period, was also crucial and what helped a lot is that the OpenWHO courses can be finished in parts. So, if I had to work one day and would only be able to complete 2 hours of a 4-hour course, I could finish the last 2 hours another day.”

How have the translated OpenWHO courses from English to Dutch impacted your organization? Is there a certain success story you would like to share?

“Language was definitely a barrier at first and we found that most people did not want to or were not able to participate in the courses in English. This changed after the courses got translated”, said Mrs. Bamoeje. As participation went up, and the courses could be finished by the students independently, the teachers had more time to prepare on other segments of education. The students simply had to provide their certificates of the completed mandatory courses.

“For me, the certificates I obtained through the OpenWHO COVID-19 response courses on topics such as PPE, COVID-19 patient care, and vaccination training helped me not only expand on essential knowledge and training during the pandemic, but also helped me and other students get temporary jobs at the vaccination sites. As a recent graduate, the Director of a hospital where I got hired as a nurse practitioner, also specifically applauded these additional courses on my CV and I’m sure other graduates will also experience, or have also had similar experiences when applying for jobs”, added Ms. Mohamed. “Because the OpenWHO courses not only cover how to administer the vaccinations, but also broader knowledge such as storage, proper handling etc., I noticed that at the vaccination sites, I was entrusted with more responsibility than those that had not followed these courses. The OpenWHO courses are very thorough.”

Looking back at a little over a year of COVID-19 in Suriname, how has PAHO contributed to helping your organization better manage this health emergency?

“PAHO has significantly contributed towards the improvement of our education through the continuous support of distance-learning, by providing material and courses. We’ve talked about the OpenWHO courses but let me add to that. On June 14th, our specialized education track started, and our students that live in District Nickerie, who previously had to travel all the way to Paramaribo to participate in the courses, have now been able to follow the courses at the COVAB facility in Nickerie, with laptops and material provided by PAHO. Students, both in Paramaribo and Nickerie are also able to borrow these laptops for studying or completing assignments at home.

In addition, the OpenWHO courses are not only beneficial for COVAB, but for healthcare in general in Suriname. We share the courses with our colleagues from other healthcare institutions, with our alumni, with our freelance and part-time teachers, to further help spread the essential knowledge to better respond to the COVID-19 crisis”, Mrs. Bamoeje elaborated.

PAHO/WHO launched the OpenWHO landing page for Suriname in May 2021, making the courses in Dutch even more accessible to local healthcare students and professionals.

This story was originally published in the PAHO/WHO website and is available here.

Promoting health literacy and reaching underserved demographics in the fight against COVID-19


The pandemic affects everyone – that’s why WHO is working to enhance health literacy as part of the global effort to fight COVID-19 by providing free online courses on OpenWHO.org.

OpenWHO learners come from all parts of the world and all sectors, from education, to transportation, to the entertainment industry. 28% of OpenWHO learners are health professionals, who need new knowledge during the pandemic to work safely and effectively.

OpenWHO is also reaching underserved demographics with real-time knowledge during the pandemic. Women represent 51% of OpenWHO learners, compared to 40% prior to the pandemic. 5% of OpenWHO learners are 70 years of age or older – a previously unrepresented demographic – as those vulnerable to COVID-19 actively seek life-saving information. The proportion of learners under age 20 has grown from 1% before the pandemic to 10% today.

In addition, OpenWHO course completion rates have increased from 39% before the pandemic to an average of 54% during the pandemic.

As of August 2021, OpenWHO.org hosts 5.6 million total enrolments across more than 100 different courses on 17 learning channels, including 37 courses for COVID-19. The platform offers courses in 55 languages and has awarded 2.9 million certificates.

Nearly 3000 trained in WHO, UNDRR and UNOSSC joint training on building back better post COVID-19


Geneva, Switzerland / New York, USA / Incheon, Korea

According to UN data, today 55% of the world’s population lives in urban areas, a proportion that is expected to increase to 68% by 2050. COVID-19 is ravaging the world, challenging cities and their citizens, with significant impacts on the social and health infrastructure and the economy. There is still a long road ahead before the pandemic is over. Towards creating more resilient and equitable societies post COVID-19, the training “Build back better: Harnessing South-South cooperation and disaster risk reduction planning for resilient and healthy cities in the post COVID-19 era” was organized from 8 to 29 June 2021.

This 4-week workshop was jointly organized by the United Nations Office for Disaster Risk Reduction (UNDRR) Global Education and Training Institute (GETI), the United Nations Office for South-South Cooperation (UNOSSC) under the framework of its Cities Project, and the World Health Organization (WHO) through its OpenWHO.org team. The training builds on the 3 agencies’ missions to improve urban disaster risk reduction (DRR) and resilience and health equity through harnessing South-South and triangular cooperation (SSTC) and disaster risk reduction planning.

Four live webinar sessions took place every Tuesday in June 2021. The first session on 8 June focused on an introduction to the conceptual frameworks of DRR planning, health emergency response preparedness and SSTC. The second session, led by UNDRR on 15 June, focused on the utilization of the Public Health System Resilience Addendum (PHA) of the Disaster Resilience Scorecard for Cities towards strengthening the integration of public health issues in DRR and resilience planning, highlighting also the example of Makati City, Philippines. The third session, led by WHO on 22 June, took a deep dive into the issues that impact the way cities and local governments prepare for and respond to health emergencies and other risks.

The final session on 29 June focused on sharing frontline experiences and practical measures used by national and local authorities in reopening safely and adjusting public health emergency response and DRR planning in response to the recent resurgences. Health authorities and experts from the Government of Bangladesh Cabinet Division, Santiago Metropolitan Region of Chile, China Center for Disease Control and Prevention (CDC), City of Milan – Italy, Fujian Provincial CDC – China, and Ministry of Health and Wellness of Mauritius joined and exchanged with the participants.

Sanjaya Bhatia, Head of the Global Education and Training Institute, UNDRR, pointed out that the COVID-19 pandemic demonstrates that cities need to transit to a “new normal” and local authorities can use this as an opportunity to shape new and innovative policies that strengthen health systems, improve social protection, pursue climate-friendly solutions and continue the pathway towards resilience.

Overall, the training attracted more than 5000 registrations from 165 countries and territories, with close to 3000 participants joining each session from more than 1000 cities in 155 countries. Approximately 35% of the participants were from national and local governments, 24% from academic and research institutes, 12% from civil society organizations (CSOs), 12% from the private sector, and slightly more than 10% from the UN and international government organizations. Gender participation was almost equal.

At the end of the course, more than 2000 people responded to the online post-webinar survey. Among these respondents, 98% reported having gained knowledge on public health, health emergency response tools, SSTC and DRR that would be applicable to their work, and close to 90% would like to be part of the “South-South Cities Clusters” platform and collaborate with UNDRR, UNOSSC and WHO on future activities. More than 1400 participants completed the final assessments, passed the quiz and obtained a certificate of completion.

Links:

For more information, contact:

Novos cursos e idiomas na OpenWHO este mês


Newsletter mensal

Poderá aceder à newsletter mais recente aqui. Os destaques da newsletter estão também disponíveis em chinês, francês, português, russo e espanhol.

Novos cursos e idiomas para a COVID-19

Novos cursos lançados

Temos o prazer de anunciar os seguintes cursos para a COVID-19:

Novos cursos noutros tópicos:

  • Procedimentos Operacionais Padrão (SOPs) da OMS em Emergências: O objetivo deste curso é fornecer informação e conhecimento contextual de alto nível acerca dos Procedimentos Operacionais Padrão (SOPs) da OMS para Emergências. Este curso está disponível em inglês e francês e está direcionado para equipas que serão destacadas pela OMS para destacamento em resposta a emergências de saúde.

  • Reconhecer e gerir a anafilase: Este curso fornece orientações sobre como reconhecer e diferenciar entre anafilase e resposta imune induzida pelo stress e responder à anafilase como um evento adverso no seguimento da imunização.

  • Pacote formativo em Doenças Tropicais Negligenciadas: As DTN são um grupo de doenças que afetam principalmente populações desfavorecidas em países tropicais e subtropicais. Tendo como objetivo a proteção das comunidades e o empoderamento dos profissionais de cuidados de saúde em todo o mundo, a OpenWHO lançou recursos formativos específicos para abordar algumas destas doenças – Tungíase, Podoconiose e Sarna – com cursos adicionais em desenvolvimento.

  • Formação na abordagem “One Health”: Dois novos cursos estão agora disponíveis no Canal “One Health” da OpenWHO. Estas formações exploram os princípios e melhores práticas para reforçar a abordagem “One Health” para doenças zoóticas a nível nacional e subnacional: Explorando o Guia da Zoonose Tripartida (GZT): Uma formação para defensores e implementadores e Avaliação de Risco Conjunta (ARC OT): Uma Formação para Implementadores.

Novas traduções

As 6 seguintes traduções para a COVID-19 foram lançadas este mês:

  • Gestão Clínica: Reabilitação de pacientes com COVID-19 em russo
  • Gestão Clínica: Abordagem inicial em somali
  • Gestão Clínica: Considerações gerais em indonésio
  • Saúde e Segurança Ocupacional em holandês
  • Doenças Tropicais Negligenciadas no contexto da COVID-19 em português e árabe

Atualizações ao conteúdo dos cursos

Foi adicionada uma nova gravação de vídeo ao portal Conversas científicas e estratégicas sobre a COVID-19. Neste vídeo, a Dr. Maria Van Kerkhove apresenta uma visão geral sobre a situação epidemiológica da pandemia da COVID-19 e descreve a resposta global e o caminho a seguir.

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 37 cursos sobre a COVID-19, distribuídos em 52 idiomas. Todos os cursos para a COVID-19 podem ser acedidos aqui. Poderá utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma. Poderá também aceder aos nossos catálogos que mostram todos os cursos e idiomas disponíveis para a COVID-19 e outros tópicos relacionados com a saúde aqui.

Canal sobre a Resistência Antimicrobiana

Este novo canal oferece recursos de aprendizagem para apoiar a implementação do Plano Global de Ação em RAM (2015), ao construir as competências dos profissionais de cuidados de saúde para que possam ajudar a combater a resistência microbiana durante os seus cuidados clínicos diários. Atualmente, a página apresenta dois cursos que estão disponíveis em vários idiomas nacionais e da ONU: Administração Antimicrobiana: uma abordagem baseada nas competências e Tuberculose resistente a Medicamentos: como interpretar os resultados dos testes moleculares rápidos.

Nova página com Histórias do terreno

A página “Histórias do terreno” destaca como os recursos de aprendizagem da OpenWHO estão a ser utilizados nos países para apoiar a resposta à pandemia da COVID-19 e outras ameaças à saúde. Para ler estas histórias inspiradoras, por favor aceda à página através da opção “Veja mais” no menu superior ou clique aqui.

Série de webinars #LearningSavesLives

Pode agora rever os webinars #LearningSavesLives na nossa nova página dedicada aqui. Desde Fevereiro, a equipa de Aprendizagem e Desenvolvimento de Capacidades, em cooperação com outras equipas do Programa de Emergências em Saúde da OMS, apresentou 8 webinars #LearningSavesLives em múltiplos idiomas (inglês, espanhol, francês e português). Aprenda com o nosso painel de especialistas sobre uma variedade de tópicos e fique atento às futuras sessões!

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

Exploring the use of WHO’s COVID-19 vaccination online learning in countries


The Access to COVID-19 Tools (ACT) Accelerator’s Country Readiness and Delivery workstream developed an OpenWHO training course for national and sub-national stakeholders on key aspects of COVID-19 vaccine deployment. The initial courses launched in December 2020 and were complemented by vaccine product-specific trainings in March 2021. As of June 2021, the Orientation to National Deployment and Vaccination Planning for COVID-19 Vaccines (NDVP) course had more than 15 000 learners in English alone and is available in over 13 languages.

A learner feedback survey was conducted from March to April 2021 to understand the impact of the trainings, usability for learners, and potential value of online training expansion for other immunizations. Using the survey responses and data available from the OpenWHO platform, WHO assessed the knowledge gained from participating in the course. The increase of knowledge from the course was assessed using the average score change between the pre-test and the post-test.

The scores increased by an average of 44% for the NDVP course from an average pre-test score of 51.5% to an average post-test score of 95.5%. Additionally, a substantially higher rate of the enrolled learners completed the course than the industry benchmark for a Massive Open Online Course (MOOC).

The user feedback provides insight for WHO learning providers in health emergencies. Over 96% of the survey participants agreed that they have more confidence in performing their professional roles related to COVID-19 vaccination after taking the course. More than 60% of learners in the survey indicated that they prefer online learning over other training options. However, 44% of survey participants had at least one barrier to online learning (such as internet connection, IT related issues, not enough time to complete the course, language barriers, etc.). Despite these limitations, learners, all levels of WHO and partners have expressed strong interest in further expansion of the OpenWHO online learning courses

Webinars create global dialogue between health emergency experts, field practitioners and learners on how to tackle COVID-19


The old proverb states that necessity is the mother of invention. While webinars are not a particularly new invention, for OpenWHO.org their use marks the beginning of a new, powerful platform for engaging and expanding its user base in the health emergency preparedness and response arena.

Since February, participation in webinars has been substantial: nearly 20 000 participants have attended a total of 12 webinars produced with OpenWHO collaboration. If we were to equate our reach in terms of filling a stadium, it would compare to filling two-thirds of the Stade de Genève, Lancy (capacity 30 000) with participants.

As we all know, the ongoing pandemic has been marked by the rapid emergence of massive amounts of new knowledge on how to respond. This new knowledge is often presented in isolation, with little context or space for analysis and reflection, and countered by misinformation and disinformation. The flood of information is overwhelming, and the noise that comes with it distracts from what is free and available. Helping address this is at the heart of the new webinar series.

In practical terms, late last year, the Learning and Capacity Development team, working in close coordination with other WHO Health Emergencies Programme teams, realized that there was an opportunity and a clear need to empower the millions who were already taking advantage of OpenWHO.org COVID-19 course offerings, bring context and grow our shared learner base. With this in mind, the #LearningSavesLives webinar series was born.

As Heini Utunen, who manages the OpenWHO platform, explains: "We wanted to help our users connect the dots, to help transform the available information into applicable, powerful knowledge... to help them realize how they could better capitalize on the growing universe of COVID-19 courses being offered in multiple languages... to bring opportunities to maximize that knowledge by hearing the experiences of those working in the field and WHO experts."

As the pandemic continues, webinars have endured as a popular interactive tool to transfer life-saving knowledge to all corners of the globe. Grounded on OpenWHO.org principles of equity, free access and lifelong learning, these webinars provide a unique opportunity for anyone with an internet connection to interact directly with experts and those in the field.

Since February, we have held 8 #LearningSavesLives webinars in multiple languages (English, Spanish, French and Portuguese). In June, a second limited-duration multilingual webinar series was launched in English, Spanish, Chinese, Portuguese, French and Arabic. This forward-looking joint online training is titled, "Build back better: Harnessing South-South cooperation and risk reduction planning for resilient and healthy cities in the post COVID-19 era" and was co-organized with the UN Office for South-South Cooperation (UNOSSC) and the UN Office for Disaster Risk Reduction (UNDRR) Global Education and Training Institute (GETI).

While the summer season in the northern hemisphere will be quieter in terms of the number of webinars, the autumn will see more taking place. We invite you to stay tuned, present us with ideas, partner with us and help us share information about future sessions so more people can benefit from the product of our shared collaboration.

Together we can help end this pandemic and begin to set the path to build back better a post-pandemic world.

World Zoonosis Day 6 July: Online learning supports governments to operationalize a One Health approach in countries


'One Health' is an approach in which multiple sectors communicate and work together to achieve better public health outcomes. One area of work in which a One Health approach is particularly relevant includes the control of zoonoses (diseases that can spread between animals and humans, such as avian flu, rabies and Rift Valley Fever) where efforts by just one sector cannot prevent or eliminate the problem. A One Health approach is key to the management of shared threats for future outbreaks and pandemics at the human-animal-environment interface.

Three new courses are available on the OpenWHO One Health Channel, allowing learners from around the globe to explore principles and best practices for a One Health approach for zoonotic diseases. The first course introduces the critical role of international frameworks to help human and animal health sectors ‘bridge’ their work to meet shared goals for disease preparedness and response. Once learners understand the role of collaborative work in their country context, they can then explore the practical approaches set forth in the Tripartite Zoonoses Guide and its operational tools. The second course offering on the One Health channel allows learners to explore and navigate the technical chapters of the Tripartite Zoonoses Guide in more depth, using country examples to propel their learning to the next level. And finally, a training for implementers is available for those interested in using the Joint Risk Assessment operational tool to asses and manage zoonotic diseases hazards at national and subnational levels.

Join us today and begin exploring the principles and best practices for a One Health approach in countries!

Novos cursos e idiomas na OpenWHO este mês


Newsletter mensal

Você poderá aceder à newsletter mensal mais recente aqui. Os destaques da newsletter estão também disponíveis em chinês, francês, português, russo e espanhol.

Ready4Response Nível 1 e 2: Disponíveis para os profissionais na linha da frente

Este pacote formativo tem como objetivo desenvolver normas de aprendizagem consistentes para todas as equipas de resposta a emergências, dotando os participantes com as competências essenciais necessárias para trabalhar nos vários níveis da resposta.

Convidamo-lo a inscrever-se nos cursos incluídos neste pacote formativo:

Série de webinars #LearningSavesLives

Interligados: As doenças do homem e dos animais e o seu impacto na vida e meios de subsistência

No Dia Mundial das Zoonoses 2021, dia 6 de Julho às 14:00h (CET), junte-se ao nosso painel global de especialistas e profissionais para discutir o impacto que as doenças zoóticas causam nas nossas vidas, saúde e meios de subsistências e discutir como podemos desenvolver a capacidade e os sistemas para fazer face ao impacto causado pelas doenças zoonóticas.

Poderá registar-se neste webinar aqui.

Novos cursos e idiomas sobre COVID-19

Celebrando 100 tópicos

Temos o prazer de anunciar o tópico 100 dos cursos da OpenWHO. O curso foca-se nas estratégias de gestão nos cuidados de pacientes com COVID-19 leve, moderada e grave.

Novas traduções

Foram lançadas este mês as 13 traduções:

  • ePROTECT em cazaque
  • PCI para a COVID-19 em cazaque
  • Formação para os trabalhadores da saúde sobre a vacinação contra a COVID-19 cazaque
  • Liderança em PCI em albanês e azerbaijano
  • Introdução à COVID-19 em cazaque
  • Doenças tropicais negligenciadas no contexto da pandemia da COVID-19 em espanhol e francês
  • Saúde e paz em árabe
  • Cuidados clínicos em IRAG em cazaque
  • Diretrizes de planejamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 em cazaque
  • Cuidados clínicos: Reabilitação de pacientes com COVID-19 em chinês
  • Equipamentos de Proteção Individual em cazaque

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO oferece agora 35 cursos sobre a COVID-19, em 52 idiomas. Todos os cursos para a COVID-19 podem ser acedidos aqui. Você poderá utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma. Poderá também aceder aos nossos catálogos que mostram todos os cursos e idiomas disponíveis para a COVID-19 e outros tópicos relacionados com saúde aqui.

Novo canal de Apoio aos Países na OpenWHO

O canal de Apoio aos Países oferece recursos de aprendizagem para apoiar a resposta dos países à atual pandemia da COVID-19 e outras ameaças à saúde. Estes recursos, criados em colaboração com os Gabinetes Nacionais da OMS e Ministérios da Saúde, são baseados em orientações científicas da OMS e estão disponíveis no idioma(s) oficial dos países para capacitar os profissionais de saúde na linha da frente, decisores políticos e o público. Até agora estão disponíveis as seguintes páginas de países: Índia, Cazaquistão, Sri Lanka, Suriname, Timor-Leste, Ucrânia, e Vietnam.

Novos canais na OpenWHO

Canal sobre Vacinação para a COVID-19

O novo canal de Vacinação para a COVID-19 fornece aos profissionais de saúde, pontos focais nacionais e subnacionais e parceiros informação para garantir a distribuição segura e eficiente de vacinas para a COVID-19. Os seguintes cursos estão atualmente disponíveis neste canal: Recursos específicos sobre vacinação para a COVID-19; Orientações para o Plano Nacional de Distribuição de vacinas e Vacinação contra a COVID-19, e Formação dos trabalhadores da saúde para a vacinação contra a COVID-19.

Canal Go.Data

Este canal fornece recursos de aprendizagem sobre como a utilizar o software Go.Data para rastreio de contactos e recolha de dados na resposta a surtos. O canal oferece formação online em várias línguas e pequenos tutoriais em vídeo que demonstram como utilizar as funcionalidades-chave do software Go.Data.

Conversas científicas e estratéficas sobre a COVID-19

Esta página contém gravações de vídeo de apresentações dadas por especialistas da OMS, nos vários campos, em conferências e outros fóruns, para que este conhecimento essencial possa continuar a ser partilhado por todo o mundo.

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

[Webinar invitation] #LearningSavesLives Webinar Series - Intertwined - diseases of man and beast and their impact on lives and livelihoods


Celebrating World Zoonoses Day 2021

Date: Tuesday, 6th July 2021

Time: 14:00 - 15:30 Central European Time

Register now

Panelists:

  • Dr Bernadette Abela-RIDDER, Scientist, Department of the Control of Neglected Tropical Diseases, WHO HQ
  • Dr Wesinew Adugna, Livestock Program Manager, VSF-Suisse, Ethiopia
  • Dr Barbara Alessandrini, Head of the Capacity Building Department, OIE, France
  • Ms. Edwinah Atusingwize, Research Associate, Department of Disease Control and Environmental Health, Makerere University, Uganda
  • Dr Nitish Debnath, Team Leader, Fleming Fund Project, Bangladesh
  • Prof. Oladele Ogunseitan, Leader of Training and Empowerment, USAID One Health Workforce|Next Generation Project, University of California, Irvine, US
  • Dr Stéphane de la Rocque, Team Leader, Human Animal Interface, Health Security preparedness Department, WHO HQ
  • Dr Nigel Swift, Global Head of Veterinary Public Health, Boehringer Ingelheim Animal Health, France
  • Prof Andrea Winkler, Co-Director of Centre for Global Health Technical University of Munich, Germany

Did you know the majority of infectious diseases in people are of animal origin? We call these zoonotic diseases. Seven out of ten new disease discovered the last decade – including the virus that is responsible for the COVID19 pandemic, are caused by pathogens which jumped from animals to humans. The truth is that our lives and health are closely intertwined with animals and the environment in which we all live. On World Zoonosis Day 2021, join our global panel of experts and practitioners to discuss the impact zoonotic diseases have on our lives, health, and livelihoods and discuss how we can build the capacity and systems to address the impact of zoonotic diseases.

Moderator: Dr Gaya Gamhewage, Head of Learning & Capacity Development, Health Emergencies Programme, WHO

Zoonosis related courses on OpenWHO👇

#OpenWHO #LearningSavesLives #HealthForAll #BuildingsustainablesystemforOneHealth

Celebrating 4 years of OpenWHO


Today marks 4 years of open-source learning operations on OpenWHO.org. The online platform was designed to be readily scalable for a global pandemic. As it entered its 4th year of operations, the platform was already in a real-time pandemic test – and serves the world by delivering WHO’s evidence-based learning materials in free and accessible online formats in a massive scale.

OpenWHO use and reach has expanded over the years, with massive growth during the COVID-19 pandemic. The platform opened to the public with the launch of a Middle East Respiratory Syndrome (MERS) course in June 2017.

The first pilot course on the platform was launched with African region in March 2017 on Managing 21st Century Epidemics. The pilot was a positive experience, including its accessibility in low-bandwidth environments, a key priority for the OpenWHO team. Currently, ¾ users of the platform are from the low- and middle-income countries.

We are soon up in 100 different course topics, in 53 languages and counting. OpenWHO hosts 5.3 million enrolments from all over the world and reaches very high completion rates, average 60 % (2.9 million certificates). We have nearly 10 million words translated. Thank you for all learners for having joined!

Celebrating UN Russian Language day: Online learning offerings in Russian


Today, on UN Russian Language Day, OpenWHO celebrates over 25 000 enrolments across 17 courses available in the Russian language. The OpenWHO platform, developed utilizing Russian Federation funds and launched in 2017, is WHO’s interactive, web-based, knowledge-transfer platform offering free online courses to improve responses to health emergencies.

Together with the WHO European Region Office, OpenWHO launched its first online course in Russian in June 2019 on the WHO Incident Management System (IMS). The number of courses and course enrolments on the OpenWHO learning platform in Russian language has only seen an increase throughout the COVID-19 pandemic.

Since June 2019, OpenWHO has published 17 Russian language courses with 13 of these published since January 2020 specific to COVID-19. This includes multiple course offered for frontline responders and decision makers on COVID-19 on topics ranging from infection prevention and control (IPC) to COVID-19 vaccine-specific resources. As new WHO guidance and tools are released, the Russian language courses are updated, ensuring all courses cover up-to-date and accurate information. The remaining 4 course topics launched in Russian cover other critical health topics such as Antimicrobial Resistance and Tobacco Control and the translation of more courses into Russian is underway. All Russian courses are accessible here.

Novos cursos e idiomas na OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Novos cursos e idiomas para a COVID-19

Novos cursos publicados

Temos o prazer de anunciar os seguintes cursos sobre COVID-19 que ficaram recentemente disponíveis:

Brevemente disponível

Novas traduções

As seguintes 15 traduções para cursos COVID-19 foram lançadas este mês:

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 34 cursos sobre COVID-19 em 49 idiomas. Todos os cursos para a COVID-19 podem ser acedidos aqui. Poderá utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma Poderá também aceder ao nosso catálogo que mostra todos os cursos e idiomas disponíveis para COVID-19 e outros tópicos de saúde aqui.

Programa de certificação conjunta: Reconstruir melhor

O Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNDRR GETI), o Escritório das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul (UNOSSC) e a OMS juntaram-se para oferecer uma formação online única para autoridades locais e profissionais urbanos sobre Construir Melhor: Aproveitando a cooperação Sul-Sul e planeamento de redução de risco para cidades resilientes e saudáveis na era pós COVID-19. A formação será realizada nos dias 8, 15, 22 e 29 de junho de 2021, com um total de 4 sessões online, uma avaliação final e um questionário pós-curso.

Você pode encontrar mais informações aqui. Você pode se inscrever para a formação online aqui.

Cursos sobre vacinação para a COVID-19 estão disponíveis em todos os idiomas da ONU e outros idiomas nacionais

Em colaboração com equipas especializadas da OMS, a OpenWHO publicou diversos cursos para transferir conhecimento crítico sobre vacinação para a COVID-19. Atualmente, os cursos Formação dos trabalhadores da saúde para a vacinação contra a COVID-19, Orientações para o Plano Nacional de Distribuição de vacinas e Vacinação contra a COVID-19 e Recursos específicos para vacinas encontram-se disponíveis em todos os idiomas da ONU e noutros idiomas nacionais.

Partilhe agora as suas conquistas no LinkedIn

Após completar com sucesso um curso COVID-19, os utilizadores da OpenWHO podem agora partilhar o seu certificado de conclusão do curso que contém um link de verificação que confirmará a autenticidade do certificado.

Óptimização dos Antimicrobianos: Uma abordagem baseada em competências agora disponível em novos idiomas

O objetivo deste curso é preparar melhor os clínicos que prescrevem frequentemente antimicrobianos com os conhecimentos e ferramentas para melhorar a utilização destes medicamentos essenciais na prática clínica diária. O curso Administração de Antimicrobianos foi recentemente disponibilizado em espanhol e russo. O curso está também disponível em inglês, francês, e italiano.

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

#LearningSavesLivesWebinar for Spanish Day: Partnerships in training benefit frontline workers in the Americas


On April 23, to celebrate the International Spanish Language Day, the Pan American Health Organization PAHO and OpenWHO co-hosted a webinar with testimonies on how the virtual training has been instrumental in defending public health and protecting lives in the Americas. During the webinar speakers from across the Americas shared their experiences on how PAHO's Virtual Campus and OpenWHO platforms enabled rapid national scale-up for training during the first year COVID19 pandemic, making life-saving knowledge available, accessible and locally contextualized.

Watch the webinar recording here.

[Convite webinar] Alcançar a linha da frente: O papel da Língua Portuguesa no fim da pandemia da COVID-19


#LearningSavesLives Webinar Series

Data: 5 de maio de 2021

Hora: 8:00h Brasil, 11:00h São Tomé e Príncipe, 12h Angola, 13h Suíça / Moçambique, 20h Timor-Leste

REGISTE-SE AGORA

Orador principal

  • Bernardo Mariano Junior, Director, Saúde Digital e Inovação Director de Informação OMS

Palestrantes

  • Professor Alex Jones Flores Cassenote, Epidemiologista FMUSP, Brasil
  • Janine Giuberti Coutinho, Doutoramento em Nutrição Humana e Especialista em Saúde Pública
  • Luis dos Reis, Chefe de Equipa, Planeamento e Gestão de Programas, Saúde Ambiental e Programa de Emergência Sanitária, Timor-Leste, ​OMS
  • Vilfrido Santana Gil, Conselheiro para Prevenção e Controlo de Doenças/Ponto focal emergência sanitária. São Tomé e Príncipe, OMS

Moderador

  • Mônica Diniz Durães, Consultora Nacional, Unidade Técnica Capacidades Humanas para a Saúde, Escritório da OPAS/OMS no Brasil

Responder aos desafios colocados pela pandemia da COVID-19 requer o uso de todas as ferramentas que a humanidade tem à sua disposição - uma das mais importantes é garantir que os trabalhadores da linha de frente em todo o mundo tenham acesso ao conhecimento mais recente em seu próprio idioma. A língua portuguesa não é apenas uma das línguas mais difundidas no mundo, - com mais de 265 milhões de falantes espalhados por todos os continentes - mas também a língua mais falada no hemisfério sul. O português é um dos principais idiomas de comunicação internacional e uma língua com forte projeção geográfica destinada a crescer, especialmente em África.

Por ocasião do Dia Internacional da Língua Portuguesa, ouviremos em primeira mão como falantes de português em todo o mundo estão respondendo à pandemia, e como os mais recentes conhecimentos sobre a COVID-19 estão sendo disponibilizados para serem usados e disseminados em todo o mundo. Exploraremos as oportunidades de aprendizagem disponíveis para falantes de português, e mapearemos alguns dos desafios futuros que se colocam, não só na resposta à atual pandemia mas também no acesso a conhecimentos essenciais de saúde pública que ajudarão as sociedades a se reconstruirem melhor após a pandemia.

A equipe da OpenWHO.org comemorou recentemente o primeiro aniversário da publicação de seu primeiro curso COVID-19. Desde então, disponibilizamos 29 cursos COVID-19 em diversos idiomas, sendo 9 deles o português. Embora tenhamos tido uma aceitação significativa durante a pandemia, com mais de 5 milhões de inscrições na plataforma OpenWHO, sabemos que muitos mais falantes da língua portuguesa poderiam se beneficiar do conhecimento oferecido pela OpenWHO

REGISTE-SE AGORA

#OpenWHO #LearningSavesLives #HealthForAll #linguaportuguesa #aprenderemportuguês

Stories from the frontline: Indonesia


Strengthening COVID-19 response with the latest science

The rapidly evolving COVID-19 pandemic called for the latest science and technical knowledge on COVID-19 to be disseminated quickly to Indonesia's health workforce. Amidst various information sources, health workers seek a credible source of knowledge to guide them in responding to COVID-19. OpenWHO courses provide trusted and structured courses based on the latest science to fill in the knowledge gap in the COVID-19 response.

WHO Indonesia technical team selects the courses to be disseminated based on identified needs on the ground. All course materials are translated into the Indonesian language and context, with a rigorous editing process to ensure technical accuracy. On 7 March 2020, in a matter of days since the first COVID-19 case was reported in the country, WHO in Indonesia launched the first OpenWHO course on ePROTECT and Infection Prevention and Control in the Indonesian language.

To broaden the reach of OpenWHO, courses are promoted widely through social media, email, and group chats across our networks and partners. Each course information and registration link are also announced on the Ministry of Health's (MoH) emerging diseases website and the Indonesian Hospital Association (PERSI) 's website.

MoH Head of Basic Immunization Unit, Dr Dyan Sawitri, said that OpenWHO courses have equipped her team with the technical knowledge and operational know-how needed to strengthen Indonesia's COVID-19 response. The 'COVID 19 vaccination training for health workers', in particular, has provided comprehensive information that covers vaccine types, logistical procedures, cold chain preparation, and implementation steps. More than 1300 participants have enrolled in this training since it was launched on 24 February 2021

"The OpenWHO course on COVID-19 vaccination training for health workers course has provided technical knowledge on all aspects of COVID-19 vaccination for my team and health workers in general. We often get questions from the subnational level on different aspects of COVID-19, and we always refer to WHO recommendations and content from the OpenWHO course as one of our key references. A well-trained and confident health workforce is a crucial pillar to ensure safe vaccination across Indonesia, and OpenWHO is strengthening our health workforce with the latest science," said Dr Dyan. "Communication aspects of COVID-19 vaccination are important to fight misinformation, and it is also a topic that is rarely discussed in technical health meetings, so it is good to see that this topic is covered as part of the OpenWHO course", she said.

The MoH continues to adopt various WHO technical guidance in the national technical guidance on COVID-19 response. Content from the OpenWHO courses is also adopted in MoH training modules. As of 12 April 2021, more than 27 000 participants have enrolled in the eight OpenWHO courses available in Indonesian.

OpenWHO欢庆中国语言日!


OpenWHO欢庆中国语言日!

在COVID-19全球大流行期间,OpenWHO持续出品了许多中文课程。现在平台上已有10个不同主题的中文课程上线。

今天就加入我们: https://openwho.org/courses?lang=cn

#学习拯救生命

OpenWHO celebrates the Chinese language day!

Throughout the COVID-19 pandemic, OpenWHO has continued to produce courses in Chinese, currently hosting 10 different topical courses.

Join today: https://openwho.org/courses?lang=cn

#LearningSavesLives

Novos cursos e idiomas disponíveis na OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Consulta sobre a Estratégia preliminar de aprendizagem global da OMS

A Organização Mundial de Saúde convida-o a participar numa consulta online sobre a Estratégia preliminar de aprendizagem global da OMS. O objetivo desta consulta é avaliar a que ponto a abordagem, os objetivos e a finalidade da Estratégia preliminar de aprendizagem respondem às necessidades de aprendizagem contínua e como podem ser operacionalizados de forma a apoiar os esforços de desenvolvimento da aprendizagem contínua nas organizações intervenientes.

O estudo tem duas partes – o final da primeira etapa está agendado para dia 23 de Abril. Poderá aceder à consulta pública online aqui.

Cursos sobre vacinação para a COVID-19 estão disponíveis em todos os idiomas da ONU e outros idiomas nacionais

Em colaboração com equipas especializadas da OMS, a OpenWHO publicou diversos cursos para transferir conhecimento crítico sobre vacinação para a COVID-19. Atualmente, o curso Formação dos trabalhadores da saúde para a vacinação contra a COVID-19 encontra-se disponível em todos os idiomas da ONU e noutros idiomas nacionais, tais como português, indonésio e vietnamita. O curso Orientações para o Plano Nacional de Distribuição de vacinas e Vacinação contra a COVID-19 encontra-se disponível em inglês, chinês, francês e russo. As versões em árabe e espanhol estarão disponíveis em breve.

Novos cursos e idiomas para a COVID-19

Novos cursos publicados

Temos o prazer de anunciar os seguintes cursos sobre COVID-19 que se tornaram recentemente disponíveis na OpenWHO:

Novas traduções

As seguintes 32 traduções para a COVID-19 foram lançadas este mês:

Todos os cursos para a COVID-19 podem ser acedidos aqui. Poderá utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

Os seguintes cursos foram revistos para refletir as atualizações ao conteúdo técnico e estão agora atualizados:

  • Introdução à COVID-19, Módulo 1 em árabe, chinês, espanhol, inglês e russo. Os restantes idiomas estão neste momento a ser atualizados.

Lista completa de recursos de aprendizagem para a COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 204 cursos para a COVID-19 em 47 idiomas e 30 tópicos. Poderá agora aceder ao nosso catálogo que mostra todos os cursos e idiomas disponíveis para a COVID-19 aqui. Para outros tópicos relacionados com saúde, poderá aceder ao catálogo aqui

##Convite para inscrições no 2º treinamento da OMS sobre gestão da infodemia

Estão abertas as candidaturas para o curso de formação da OMS de gestores da infodemias. Este será o segundo grupo de profissionais a tornar-se competente e certificado como respondentes da OMS em infodemias. Após a conclusão do curso, estes poderão ser destacados para missões em diferentes países por todo o mundo. A OMS orgulha-se de realizar esta formação em gestão da infodemia novamente em parceria com a CDC EUA. A CDC EUA fornece conhecimentos técnicos, facilitação e apoio à formação.

  • A formação online decorre ao longo de quatro semanas de 1 – 30 de Junho de 2021
  • O prazo para submissão é até 9 de Maio às 18:00, fuso horário de Geneva, Suíça

Poderá encontrar todas as orientações sobre como candidatar-se aqui.

Melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

#LearningSavesLives Webinar Series - Will COVID-19 revolutionize medical and health education?


COVID19 has profoundly shaken the time-tested traditions of education in medicine and health. As millions of medical and other health sciences students and their teachers remained in lockdown, dispersed across geographies, new methods of approaching distance and distributed learning have come to the fore. Some believe that medical education will never be the same again. While universities were able to make the shift from lecture halls to digital classrooms, with varying degrees of success for knowledge transfer, transferring skills and competency development that are essential for the caring professions, remain a major challenge. The know-do gap is now in sharp focus. How will the COVID19-inspired changes to medical and health sciences education, offered by universities and in-service training, evolve? Are we looking at the future of medical and health professional education

Webinar replay: https://youtu.be/UVRmIT6Zevo

Link to a short video with quotes: https://youtu.be/qcEACTisisg

Marking the Hearing Day 3 March – Join our Indian Sign Language course


The OpenWHO platform prioritizes translation of learning resources to reach populations as extensively as possible. Providing courses in learners' languages can help remove the barriers to learning and make it accessible to more learners. This means providing learning in the languages of those in need. OpenWHO hosts a COVID-19 explanatory resource in Indian sign language. This is currently being accessed by 53 000 learners, and 47 000 have already received a certificate of participation.

This learning resource is an example of OpenWHOs collaboration with volunteers around the globe who have generously offered to translate WHO's COVID-19 learning materials into additional languages to reach as many people as possible.

The Introductory COVID-19 course in Indian Sign Language can be accessed here

Stories from the frontline: Kazakhstan


Delivering knowledge to every frontline responder

Knowledge saves lives, even more so during outbreaks of novel diseases when one’s understanding of the emergency and the public health measures exercised in response develop frequently. During visits to health facilities, laboratories and community centres, the staff at World Health Organization (WHO) Kazakhstan are often told by frontline medical responders that there is a never-ending need for learning that can be practically exercised to save lives.

In Kazakhstan, the WHO team has capitalised on OpenWHO’s evidence-based courses, which provide frontline responders with life-saving knowledge on various topics relevant to COVID-19, all for free. To name a few, the courses on infection prevention and control, case management, and emergency operations centres provide critical information that healthcare workers need to keep themselves and others safe during the COVID-19 pandemic.

“We support healthcare workers in Kazakhstan daily, travelling to the locations where cases are on the rise and providing on-site consultation to doctors and patients, as well as policymakers. OpenWHO is a great help to us to ensure that healthcare workers have the required theoretical basis to work during COVID-19 response,” stated Professor Bakhyt Kosherova from Karagandy Medical University.

To promote the OpenWHO courses, WHO Kazakhstan has established an operational partnership with Kazakhstan’s specialised governmental agency for post-graduate education, medical professional associations, medical universities, and alumni groups. In January 2021, the team conducted seven awareness sessions for a range of national stakeholders. Currently, OpenWHO courses are being promoted through professional networks, Ministry of Health webpages and agencies and influencers referenced in training curricula. OpenWHO’s most popular COVID-19 courses are being translated into Kazakh by WHO, which will ease incorporating the material into the training curriculum for Kazakh medical students and health workers.

“OpenWHO enrolments from Kazakhstan have increased six-fold since the WHO country office began promoting the platform in 2020. However, we aim for the ambitious objective of reaching every healthcare worker responding to COVID-19 in Kazakhstan, regardless of their role. There are OpenWHO courses for every level of healthcare proficiency. Together with my colleagues from the WHO Regional Office for Europe, located in Copenhagen, we trained more than 4,000 healthcare workers last year through online webinars. Now, we are excited to engage in OpenWHO, another valuable channel for learning, offering self-paced courses that healthcare workers can complete on their own and at a time convenient for them,” remarked Dr Vitalii Stetsyk, a member of the WHO country team in Kazakhstan.

Dr Stetsyk shared WHO Kazakhstan's experience reaching frontline learners during the first WHO #LearningSavesLives webinar, which was held on 19 February ahead of World Day of Social Justice. The webinar also included speakers from Somalia, Suriname and Tajikistan. The next session will explore the challenges women face learning in emergencies, marking International Women's Day on 8 March. Register here to join.

As of February 2021, OpenWHO offers 27 courses on COVID-19, available in 45 languages. To find free courses in your language, click here.

Celebrating International Women's Day 2021: Choosing to challenge the barriers women face accessing life-saving knowledge for COVID19 response


Testimonies from International Women's Day 2021 #LearningSavesLives Webinar

The COVID-19 pandemic dramatically highlights the need of every frontline health worker- no matter how remote or isolated - to access life-saving knowledge and learning opportunities. As we look forward, reaching the light at the end of the tunnel for the COVID-19 pandemic, will require decisive efforts to ensure that existing inequities are effectively tackled – especially those faced by women. While women make up 70% of the global health and social care workforce, they are often underpaid or unpaid. And while their contribution is outsized, women constitute less than 25% of leadership roles in health, thus limiting their contributions to decision and policy making.

The statistics are of significance not only because a large percentage of women face ongoing discrimination or bias, but also because they are confronted by the greatest risks during health emergencies. This is not only wrong from the perspective of equity and human rights, but its continuation also negatively impacts outcomes from a social, economic and management perspective. During this webinar, the panelist, practitioners and keynote speakers #ChoseToChallenge the barriers women face to access lifesaving information training & learning.

Keynote speaker quotes:
“Women’s contribution to health is enormous, so it is time we need to step forward and reclaim our space, we need to claim the seat to the table. That really reminds me about this quote from a colleague Shirley who said “if they don’t give you a seat at the table, bring your folding chair”. So we really need a lot of folding chairs now so that women can really contribute to the decision-making and lead the COVID-19 response so we can also lead the recovery.” Savior Flomo Mendin, County Manager, Grand Bassa County, Last Mile Health, Liberia

“There has to be a place for women at every decision making table. Women are not only doers, they need to shape the environment in which we are moving forward.” Dr Gaya Gamhewage, Head of Learning & Capacity Development, Health Emergencies Programme, World Health Organization

“All of us can be leaders in this pandemic, but we need women & girls to be provided the opportunities to do so and to be listen to”, Dr Maria D Van Kerkhove, Technical Lead COVID-19, WHO Health Emergencies Programme

“We probably need to recognise that the problem has been recognised. But to understand that the problem has not been adressed...“, Dr Mike Ryan, Executive Director, WHO Health Emergencies Programme

According to a survey conducted in the first week of March 2021 among OpenWHO users, the top five challenges access to learning were Time (48%), Cost (45%), Digital access (24%), Not knowing where to access reliable source learning materials (24%), and language (19%). Female respondents were twice as likely to choose time and cost compared to male respondents.

The enabling factors were OpenWHO platform as easily accessible, with no cost, informative, simple and suitable for everyone. Also supervisor and colleague support of online learning was listed being helpful.

The COVID19 pandemic has increasingly brought more women to learn on the OpenWHO.org platform. Whereas prior the pandemic, about 70-80 % of learners in all courses were men, now the learner enrolment is equal between women and men.

Webinar replay: bit.ly/3qpMciv

Link to a short video with quotes: https://1drv.ms/v/s!Aub5xRpaC_E1kQi90FPnOGv5V3_t?e=3Kujcj

Novos Cursos e idiomas na plataforma OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Novos cursos

Temos o prazer de anunciar os seguintes cursos que foram recentemente publicados na OpenWHO:

Novos cursos e idiomas para COVID-19

Novos cursos publicados

Novas traduções

Este mês, foram publicadas 17 traduções de cursos já existentes para COVID-19:

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • Introdução à COVID-19 em inglês, módulo 1. Todos os restantes idiomas estão a ser atualizados.

Lista completa dos recursos de aprendizagem para a COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 169 recursos para COVID-19 em 45 línguas e 27 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes temas e idiomas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Introdução à COVID-19: métodos de deteção, prevenção, resposta e controle (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, cingalês, dari, fula, hausa, hindi, húngaro, igbo, indonésio, letão, linguagem gestual indiana, curdo, macedónio, marata, oriá, oromo, pashto, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, cingalês, indonésio, macedónio, polaco, português, tailandês, tetum e vietnamita)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, bengali, cingalês, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, persa,polaco, português, sérvio, somali, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, italiano, indonésio, português, tetum e vietnamita)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês, espanhol e mongol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, cingalês, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, somali, tâmil, tétum, tailandês e turco)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, cingalês, holandês, macedónio, português, somali, tâmil, tétum e turco)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês e tétum)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês, indonésio e tétum)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês e tétum)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, espanhol, macedónio, português, swahili)

  • Centros de cuidados a longo prazo no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, albanês, holandês, indonésio e macedónio)

  • Curso 1: Gestão clínica de pacientes com COVID-19 - Considerações gerais (disponível em inglês, albanês e macedónio)

  • Formação sobre vacinação para a COVID-19 para profissionais de saúde (disponível em inglês e indonésio)

  • Gestão e Facilitação de uma avaliação interna das medidas adotadas no país contra a COVID-19 (IAR) (disponível em inglês)

  • Orientações para a implantação nacional e planeamento da vacinação para a COVID-19 (disponível em inglês)

  • Gestão Clínica de pacientes com COVID-19: Reabilitação de pacientes com COVID-19 (disponível em inglês)

  • Doenças tropicais negligenciadas no contexto da pandemia de COVID-19: impacto e orientações (disponível em inglês)

  • Liderança e gestão de programas de prevenção e controlo de Infeções (PCI) (disponível em inglês)

  • A COVID-19 e o trabalho: Permanecer em segurança e saudável no trabalho durante a pandemia de COVID-19 (disponível em inglês)

  • COVID-19 Gestão da infodemia: Comunicação de risco e desafios no envolvimento da comunidade(sigla em inglês RCCE) (disponível em inglês)

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

1 year of pandemic learning response delivered online: Massive online learning is here to stay


Today we mark 1 year since we launched WHO’s first online learning course on COVID-19. Although we could not have known at the time, our quick action helped to get essential knowledge for managing the pandemic to frontline responders and decision-makers.

Back then, no one knew about the new virus, but our WHO experts helped the OpenWHO team to gather and adapt existing WHO evidence on the novel coronavirus (later named COVID-19) and guidance on managing severe acute respiratory pathogens into learning courses. Course production accelerated as the first WHO Emergency Committee meeting took place 22-23 January 2020 and, fulfilling the requirements of WHO’s Emergency Response Framework, the first learning resource was put together over the next 72 hours and launched on 26 January 2020. All this took place even before a Public Health Emergency of International Concern was declared on 30 January 2020.

Since then, the OpenWHO.org platform had grown to nearly 5 million learner registrations, mostly in our 25 free online COVID-19 courses in 44 languages. WHO’s technical-guidance-based first course “Introduction to COVID-19” is available on OpenWHO and the Pan American Health Organization’s Virtual Campus platform, and hosts more than 1.1 million total enrolments across 36 language versions. As new knowledge becomes available, course content is regularly updated. This is the first time in WHO’s history that we have been able to launch fast, high-quality, accessible learning on a massive scale to manage any health threat.

As the WHO Director-General has stated: OpenWHO is a powerful proof of concept for the WHO Academy and other future initiatives.

Lessons learnt

The COVID-19 pandemic has led to a significant and rapid increase in all forms of digital learning. It has proven the power of online learning by using equity of access as a foundational principle for equity for all learners across the world to address knowledge and skills gaps. Online learning is no longer a temporary replacement, but a new way of working more efficiently and equitably. It is a basic part of the ecosystem needed to create a culture of lifelong learning in health. Below are some lessons learnt from the massive online learning delivery:

  1. Accessibility – Online learning enables participants with even basic technology to access learning from almost anywhere in the world. It is cost effective, kinder to the environment and saves time and resources. Self-paced, low-bandwidth-adjusted, downloadable and portable learning available from any device and offline increases access.
  2. Equity – Our massive open online courses (MOOCs) are available to all at no cost, democratizing knowledge and learning in a way never seen before. Providing equitable access to critical health emergency knowledge in the mother tongues of the most vulnerable populations is a core value of OpenWHO. The platform has published courses in a total of 46 languages so far, including 25 underserviced languages.
  3. Flexibility – Self-paced mass online learning delivery enables individuals to learn at their own speed, at their preferred time and in their preferred place. It builds on and provides for the preferences and availability of the learner.
  4. Learner-centricity – User-friendly options allow individuals to choose formats specific to their learning needs, and provide the basis for a more customized, ”just-in-time” learning experience and continuous, lifelong learning.
  5. Quality – Courses that are based on WHO technical guidance and the use of adult learning techniques assure quality of content and enhance learning.

Novo treinamento em EPIs em Realidade Aumentada da Academia da OMS


A Academia da OMS lançou seu primeiro curso em realidade aumentada sobre o uso correto de equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais de saúde. Esse breve curso está disponível globalmente para todos os profissionais de saúde pelo aplicativo da Academia para celular.

A atual pandemia da COVID-19 acentuou a importância crucial do uso correto de EPIs para a proteção dos profissionais de saúde e de seus pacientes.

Em seus smartphones, os participantes podem observar uma animação realista de um enfermeiro que parece estar no seu ambiente, demonstrando o uso correto dos EPIs.

O curso é gratuito e pode ser feito em um smartphone a qualquer hora e em qualquer lugar. Tem cerca de 20 minutos de duração e está disponível em sete idiomas: árabe, chinês, inglês, francês, português, russo e espanhol.

Novos cursos e idiomas disponíveis na OpenWHO este mês


Novos cursos sobre vacinação para a COVID-19

Trabalhando com equipas de especialistas da OMS, a OpenWHO publicou os seguintes cursos para transferir conhecimento crítico sobre vacinação para a pandemia de COVID-19 em evolução

  • Formação sobre vacinação para a COVID-19 para profissionais de saúde: Todos os profissionais de saúde envolvidos na implementação da vacinação para a COVID-19 necessitam de ter o conhecimento e capacidades adequadas para assegurar a administração segura e eficiente da vacina para a COVID-19 a grupos prioritários específicos, de acordo com as políticas de cada país. Este curso fornece informação geral sobre a doença e informação específica sobre armazenamento, manuseamento e administração de vacinas, registo e monitorização (incluindo eventos adversos após a imunização- EAAI, em inglês AEFI)), e comunicação (aceitação e demanda) através de uma série de curtos vídeos e questionários para avaliar o seu conhecimento. O curso é direcionado aos profissionais de saúde da linha de frente que serão vacinadores e também recipientes prioritários.

  • Orientações para a implantação nacional e planeamento da vacinação para a COVID-19: O grupo de trabalho sobre o Acelerador para o Acesso às Ferramentas para a COVID-19 (ACT) publicou um Guia para o desenvolvimento de um plano nacional de implantação e vacinação (NDVP) para as vacinas para a COVID-19. Este pacote de formação tem como objetivo apoiar os pontos focais nacionais e subnacionais na preparação para a vacinação para a COVID-19. O curso fornece uma visão geral dos principais aspectos do Guia sobre o desenvolvimento de um plano nacional de implantação e vacinação para a COVID-19 e destaca os recursos disponíveis e futuros para a introdução da vacina para a COVID-19.

Novos cursos e idiomas para COVID-19 disponíveis

Novos cursos

Temos o prazer de anunciar os seguintes curso que foram recentemente publicados na OpenWHO:

  • Gestão e Facilitação de uma avaliação interna das medidas adotadas no país contra a COVID-19 (IAR): A avaliação interna das medidas adotadas no país contra a COVID-19 (IAR em inglês) é um processo de facilitação que reúne respondentes de múltiplos setores para a partilha de experiências e de aprendizagem coletiva, e foi inspirado após a metodologia AAR- avaliação pós-ação da OMS. Este curso fornece uma introdução geral à gestão e facilitação de uma avaliação interna das medidas aplicadas durante a pandemia de COVID-19.

  • Centro de Operações de Emergências de Saúde Pública (PHEOC, sigla em inglês): A experiência tem demonstrado que a implementação atempada de um Centro de Operações de Emergências de Saúde Pública (PHEOC) fornece uma plataforma essencial para a gestão de emergências de saúde pública e pode ajudar a evitar falhas comuns, como a falta de uma liderança clara, levando a atrasos na tomada de decisões, má gestão de recursos e má coordenação. Este curso online foi elaborado como um complemento da Estrutura da OMS para um Centro de Operações de Emergência de Saúde Pública e visa profissionais de preparação e resposta a emergências de saúde, formuladores de políticas e parceiros que buscam implementar e manter Centros de Operações de Emergências de Saúde Pública.

Novas traduções

Este mês, foram publicadas 4 traduções de cursos já existentes para COVID-19:

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • Introdução à COVID-19 em inglês, módulo 1. Todos os restantes idiomas estão a ser atualizados.

  • Introdução à COVID-19 em linguagem gestual indiana: Um novo módulo personalizado para crianças com deficiência, particularmente para aquelas com neurodiversidade, foi adicionado a este curso. Os materiais podem ser encontrados no Módulo 4: Materiais para crianças com deficiência. O módulo aborda como usar uma máscara de tecido / máscara médica, regras para a lavagem das mãos, formas de descartar as máscaras usadas e a importância de manter uma distância física adequada

Lista completa dos recursos de aprendizagem para a COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 147 recursos para COVID-19 em 42 línguas e 22 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes temas e idiomas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Introdução à COVID-19: métodos de detecção, prevenção, resposta e controle (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, dari, hausa, hindi, húngaro, igbo, linguagem gestual indiana, indonésio, curdo, macedónio, marata, oriá, oromo, pashto, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, cingalês, indonésio, macedónio, polaco, português, tetum e vietnamita)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, bengali, cingalês, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, persa,polaco, português, sérvio, somali, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, italiano, indonésio, português, tetum e vietnamita)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês, espanhol e mongol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, somali, tétum, tailandês e turco)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, cingalês, holandês, português, somali, tétum e turco)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês e tétum)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês e tétum)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, espanhol, macedónio e português)

  • Centros de cuidados a longo prazo no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, holandês e indonésio)

  • Curso 1: Gestão clínica de pacientes com COVID-19 - Considerações gerais (disponível em inglês)

  • Formação sobre vacinação para a COVID-19 para profissionais de saúde

  • Gestão e Facilitação de uma avaliação interna das medidas adotadas no país contra a COVID-19 (IAR)

  • Orientações para a implantação nacional e planeamento da vacinação para a COVID-19

À medida que 2020 se aproxima do fim, a equipa da OpenWHO gostaria de expressar os nossos sinceros agradecimentos a cada um de vocês por aprenderem e crescerem connosco durante a pandemia de COVID-19. Nós sabemos que o #ConhecimentoSalvaVidas (#KnowledgeSavesLives) - e isso é especialmente verdadeiro durante emergências. Por favor, assista à nossa mensagem de vídeo de um minuto aqui.

Para o novo ano, temos o compromisso de continuar a fornecer acesso gratuito a conhecimentos especializados para ajudá-lo a gerir a pandemia e melhorar a saúde pública. Desafiamos cada um de vocês a ajudar-nos a espalhar a palavra sobre os nossos recursos de aprendizagem gratuitos, trazendo 20 pessoas que você conhece para a plataforma OpenWHO em 2021. Desejamos a todos um ano novo seguro e saudável.

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

OpenWHO: Gold winner for 'Best international digital transformation of a training programme in response to COVID-19'


We are thrilled to share our COVID-19 learning response work has been recognized internationally. Last night, the health emergencies learning platform OpenWHO.org powered by Hasso Plattner Institute solutions was awarded Gold Winner for the 'Best international digital transformation of a training programme in response to COVID-19' by the Learning Technologies Awards.

This Award belongs to us all, as the success is based on the strong collaborative work with all technical teams over the past years and in particular during the COVID-19 learning response this year.

Here is the citation from the Award: “The judges were impressed by the speed and scalability of OpenWHO, the dynamic learning environment created to lead and facilitate a worldwide frontline response to the pandemic now and in the future. Responding to evidence, OpenWHO is constantly updating vital information and functionality as well as aggregating data to create extra value by, for example, predicting and identifying hotspots. A hugely worthy gold winner.”

The weblink is: https://www.learningtechnologies.co.uk/the-class-of-2020

More than 350 private and public sector institutions participated, from 34 countries, and 61 judges screened nearly 500 entries. The OpenWHO team presented to the judges in September. Others shortlisted in our category included the British Council, Novartis, Open University of Hong Kong, University of Fort Hare and Metlife.

The OpenWHO team has also been honored to receive the following recognitions in the three years since its launch: Best Communication Paper Award at the International Conference on Informatics, Management and Technology in Health Care 2020; WHO Director-General's Award for Excellence 2018; Geneva Health Forum 2018 Jet d'Or prize; and Humanitarian Actor 2018 from Translators Without Borders.

Novos cursos e idiomas disponíveis na OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

A página “Normas para emissão de certificados”

A página “Normas para emissão de certificados” ficou recentemente disponível em chinês. Está também disponível em inglês, francês, português, russo e espanhol e poderá ser encontrada aqui.

Os cursos sobre Sistema de Gestão de Ocorrências (SGO) Nível 1 e 2 encontram-se disponíveis em 6 idiomas

Os cursos da OpenWHO sobre o Sistema de Gestão de Ocorrências (SGO) - sistema de comando da OMS para controlar emergências em saúde - estão agora disponíveis em seis idiomas: árabe, inglês, francês, português, russo e espanhol.
O curso introdutório, SGO Nível 1, abrange o pacote mínimo para todo o pessoal destacado na resposta a emergências da OMS, enquanto que o curso intermediário SGO Nível 2, é desenvolvido a partir do Nível 1 para proporcionar um conhecimento mais aprofundado sobre o SGO. Idiomas adicionais tais como chinês estão atualmente em desenvolvimento.

Novo Canal sobre Gestão Clínica

Os cuidados clínicos de qualidade estão no centro de uma resposta a surtos robusta e eficiente. Os profissionais de saúde da linha da frente necessitam de ferramentas baseadas em evidências e treino para providenciar cuidados clínicos seguros, eficientes e de qualidade. O novo canal de Gestão Clínica inclui cursos de formação sobre uma ampla variedade de doenças, tais como o ébola, difteria, influenza entre outras. O canal irá também fornecer uma série de cursos completos sobre a COVID-19, que abrange uma abordagem holística nos cuidados ao paciente, desde rastreios e triagem à reabilitação e cuidados paliativos.

Por favor visite o canal de idiomas nacionais sobre COVID-19 para aceder aos cursos sobre cuidados clínicos relacionados com a COVID-19 em idiomas adicionais.

Novos cursos e idiomas para COVID-19 disponíveis

Novos cursos

Temos o prazer de anunciar o seguinte curso sobre COVID-19 que foi recentemente publicado na OpenWHO:

  • Curso 1: Gestão clínica de pacientes com COVID-19 - Considerações gerais: A série de cursos sobre Gestão Clínica de Pacientes com COVID-19 foi desenvolvida para profissionais de saúde durante a pandemia de COVID-19. O curso fornece conhecimento crucial, necessário para proporcionar cuidados seguros, eficientes e de qualidade ao paciente. Este é o primeiro de uma série de seis cursos. Este curso abrange considerações gerais e oferece um histórico sobre a pandemia, analiza as operações e preparação das instalações, os sistemas de referência e transferências entre instalações, a prevenção e controlo de infeções, e o papel dos cuidados paliativos para os pacientes. Também inclui uma discussão sobre as questões éticas que surgem durante os cuidados aos pacientes com COVID-19, incluindo os princípios de alocação de recursos de cuidados intensivos. De um modo geral, este curso aborda a preparação para a pandemia de COVID-19, em todos os níveis de prestação de cuidados de saúde.

Novas traduções

Este mês, foram publicados 7 traduções de cursos já existentes para COVID-19:

  • Saúde ocupacional e segurança para os profissionais de saúde no contexto da COVID-19 em macedónio e português
  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em polaco e cingalês
  • Centros de cuidados a longo prazo no contexto da COVID-19 em holandês e indonésio
  • PCI para COVID-19 em cingalês

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19

Atualizações continuam a decorrer para os seguintes cursos. Agradecemos a sua compreensão, você será notificado assim que as atualizações estiverem concluídas:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus

Lista completa dos recursos de aprendizagem para a COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 140 recursos para COVID-19 em 42 línguas e 19 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes tópicos e línguas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, dari, hausa, hindi, húngaro, igbo, linguagem gestual indiana, indonésio, curdo, macedónio, marata, oriá, oromo, pashto, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, cingalês, indonésio, macedónio, polaco, português, tetum e vietnamita)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, bengali, cingalês, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, persa,polaco, português, sérvio, somali, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, italiano, indonésio, português, tetum e vietnamita)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês, espanhol e mongol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, somali, tétum, tailandês e turco)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, holandês, português, somali e turco)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês e tétum)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, macedónio e português)

  • Centros de cuidados a longo prazo no contexto da COVID-19 (disponível em inglês, holandês e indonésio)

  • Curso 1: Gestão clínica de pacientes com COVID-19 - Considerações gerais (disponível em inglês)

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

Novos cursos e idiomas disponíveis na OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Atualização de materiais para a resposta ao Ébola

A equipa da OpenWHO tem vindo a actualizar os seus cursos sobre Ébola em resposta ao último surto na República Democrática do Congo. O curso "Introdução ao Ébola" em lingala foi agora actualizado para reflectir as últimas orientações técnicas da OMS. Todas as outras versões linguísticas do curso estão actualmente actualizadas.

Envelhecimento Saudável - Segunda edição iniciada em Setembro

Temos o prazer de anunciar que o curso Envelhecimento Saudável para o Impacto no Século XXI: Formação global online para líderes iniciou a segunda edição na plataforma OpenWHO a 14 de Setembro e continuará até Dezembro.

No século XXI, as mudanças demográficas estão a ter um impacto significativo na estrutura das populações, provocando o fenómeno do envelhecimento da população.

Este programa irá equipar os participantes com as aptidões e competências necessárias para trabalhar na área do envelhecimento, permitindo aos participantes tornarem-se os agentes de mudança necessários para gerar e impulsionar acção para a Década do Envelhecimento Saudável. Se estiver interessado em participar em futuras edições do curso, visite a página de inscrição e inscreva-se utilizando o seu endereço de correio electrónico profissional.

O Sistema de Gestão de Ocorrências (SGO) Nível 1 encontra-se disponível em novos idiomas

Para melhorar a capacidade de mobilização e resposta do Programa de Emergências de Saúde da OMS (WHE), o Programa propôs o desenvolvimento de uma série de pacotes de formação para desenvolver as competências, aptidões e conhecimentos do pessoal. O Nível 1 do Sistema de Gestão de Ocorrências abrange o pacote mínimo obrigatório que todos os funcionários a serem destacados para uma resposta de emergência de saúde da OMS devem completar. Este curso ficou recentemente disponível em russo. Está também disponível em árabe, inglês, francês, português e espanhol.

Novos cursos e idiomas para COVID-19 disponíveis

Novos cursos

Temos o prazer de anunciar o seguinte curso sobre COVID-19 que foi recentemente publicado na OpenWHO:

  • Centros de cuidados de longa duração no contexto da COVID-19: A pandemia da COVID-19 afeta desproporcionalmente pessoas mais idosas, em particular aquelas que vivem em centros de cuidados de longa duração (CCLD) com impacto significativo na mortalidade e morbidade. É necessária uma acção coordenada para mitigar o impacto da COVID-19 através do reforço das medidas de prevenção e controlo das infecções (PCI) no âmbito dos CCLD. O curso de PCI para a COVID-19 IPC no âmbito dos CCLD consiste em 4 módulos de formação que devem ser utilizados em conjunto com o manual de comunicação para CCLD assim como uma lista de verificação de preparação. Este pacote foi desenhado para os CCLD e baseado na orientação técnica detalhada da OMS sobre PCI.

Novas traduções

Este mês, foram publicados 5 traduções de cursos já existentes para COVID-19:

  • Precauções básicas: higienização das mãos em turco
  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em marata
  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 em turco
  • Precauções padrão: Limpeza e desinfecção ambiental em tétum
  • Introdução ao Go.Data em mongol

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Vídeos disponíveis

Foram adicionados recentemente vídeos no curso seguinte:

  • Introdução à COVID-19 e como utilizar uma máscara médica e de tecido: vídeos em linguagem gestual indiana. Pode encontrar os vídeos Como usar uma máscara médica e Como usar uma máscara de tecido no módulo 3 do curso.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • PCI para COVID-19 em sérvio. Todos as outras versões linguísticas estão atualizadas.

Atualizações continuam a decorrer para os seguintes cursos. Agradecemos a sua compreensão, você será notificado assim que as atualizações estiverem concluídas:

  • Gestão clínica da COVID-19
  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19

Lista completa dos recursos de aprendizagem para a COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 132 recursos para COVID-19 em 41 línguas e 18 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes tópicos e línguas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, dari, hausa, hindi, húngaro, igbo, linguagem gestual indiana, indonésio, curdo, macedónio, marata, oriá, oromo, pashto, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, bengali, persa, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, polaco, português, sérvio, somali, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, italiano, indonésio, português, tetum e vietnamita)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês, espanhol e mongol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, somali, tétum, tailandês e turco)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, holandês, português, somali e turco)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês e tétum)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Centros de cuidados a longo prazo no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

##Bolsa de investigação NAM-HKU em Liderança em Saúde Global: Convite à apresentação de candidaturas

A Escola de Saúde Pública da Universidade de Hong Kong (HKU SPH) e a Academia Nacional de Medicina dos EUA (NAM) estabeleceram uma parceria para oferecer uma formação de dois anos destinada a académicos no início a fase intermédia da carreira de todo o mundo, com especial atenção aos académicos da região da Ásia-Pacífico. A bolsa NAM-HKU em Liderança em Saúde Global terá uma duração inicial de três anos, selecionando um bolseiro a cada ano. A data de encerramento das candidaturas para a edição de 2021/22 é a 30 de Novembro de 2020. Para mais informações, visite o website da HKU SPH: https://sph.hku.hk/en/nam-hkufellows.

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

Novos Cursos e idiomas na plataforma OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Questões Frequentes

A página das Questões Frequentes encontrasse disponível em Chinês. Também se encontra disponível em inglês, francês, espanhol, português e russo e pode ser encontrada aqui.

Novo separador Certificados

O separados dos Certificados encontrasse agora disponível e pode ser encontrado na barra de ferramentas de navegação. O separador Certiicados permite fazer o download de certificados que tenha obtido no curso. Também contém um link para a página "Normas para emissão de certificados", a qual fornece informação sobre o tipo de certificados disponíveis na OpenWHO e como ser eligível para a obtenção do certificado. A página "Normas para emissão de certificados" está disponível em inglês, francês, espanhol, português e russo. A versão em chinês estrá disponível brevemente. Pode aceder à página aqui.

Novos cursos

Temos o prazer de anunciar o seguinte curso, que ficou disponível recentemente na OpenWHO:

  • Migração e Saúde: Aumentando a Competência Intercultural e a Sensibilidade à Diversidade: O acesso a sistemas de saúde responsivos e focados nas pessoas é essencial para assegurar cuidados de saúde apropriados para refugiados e migrantes ao longo do processo de migração e estabelecimento. Focado na competência intercultural e sensibilidade à diversidade, este curso contribui para uma estratégia da OMS mais ampla para desenvolver uma resposta baseada em evidências para as necessidades de saúde pública de refugiados e migrantes.

Novos cursos e idiomas para COVID-19

Novos cursos publicados

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19: Todos os profissionais da área da saúde necessitam de conhecimento e competências para se protegerem a si próprios e aos outros dos riscos profissionais que encontram, para que possam trabalhar com segurança e eficácia. Este curso cobre quatro áreas em resposta a estas necessidades: riscos infecciosos para a saúde e segurança, riscos físicos para a saúde e segurança, riscos psicossociais para a saúde e segurança e saúde ocupacional básica e segurança nos serviços de saúde.

Novas traduções

Este mês foram publicadas 9 traduções de cursos sobre COVID-19:

  • Precauções básicas: higienização das mãos em somali
  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em pashto
  • Cuidados clínicos na infecção respiratória aguda grave tetum
  • PCI para COVID-19 em bengali, farsi e somali
  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 em somali
  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave em tetum e vietnamita

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Vídeos disponíveis

Foram adicionados recentemente vídeos nos seguintes cursos:

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em inglês. Poderá encontrar os vídeos Como utilizar a máscara médica e Como utilizar a máscara de tecido nos módulos 4 e 5 respetivamente.
  • Formação da OMS em avaliação do risco para eventos de massas no contexto da COVID-19 em inglês. Nota: Os materiais utilizados neste curso estão actualmente a ser revistos para reflectir as actualizações do conteúdo técnico. Todos os participantes no curso serão notificados assim que estas actualizações tiverem sido feitas.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • PCI para COVID-19 em chinês, espanhol, italiano, japonês e vietnamita. Sérvio brevemente.
  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em persa. Todos as outras versões linguísticas estão atualizadas.

Atualizações continuam a decorrer para os seguintes cursos. Agradecemos a sua compreensão, você será notificado assim que as atualizações estiverem concluídas:

  • Gestão Clínica de casos de COVID-19
  • Formação da OMS em avaliação do risco para eventos de massas no contexto da COVID-19

Lista completa dos recursos de aprendizagem para COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 126 cursos para COVID-19 em 39 idiomas e 17 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes tópicos e línguas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, dari, hausa, hindi, húngaro, igbo, linguagem gestual indiana, indonésio, curdo, macedónio, oriá, oromo, pashto, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, indonésio, macedónio, português, tetum e vietnamita)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, bengali, persa, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, polaco, português, sérvio, somali, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, italiano, indonésio, português, tetum e vietnamita)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês e espanhol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, somali, tétum, e tailandês)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, holandês, português e somali)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

  • Saúde e segurança no trabalho para profissionais da área da saúde no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

World Mask Week — How to safely wear a mask in the context of COVID-19


In recognition of World Mask Week, which runs from 7 to 14 August, the OpenWHO team would like to highlight its courses that illustrate how to safely wear a mask in the context of COVID-19.

The course Health and safety briefing for respiratory diseases – ePROTECT in English features video demonstrations that show how to put on and take off medical (Module 4) or fabric masks (Module 5). Those who prefer to access the videos in Indian Sign Language may do so here (Modules 2 and 3).

Masks alone will not stop the virus — we must do it all:

  • Wear a mask that covers your nose, mouth and chin
  • Keep physical distance
  • Clean your hands
  • Keep away from big crowds
  • Cover your mouth and nose when coughing

Last week, the Director-General of WHO, Dr Tedros Adhanom Ghebreyesus, announced the #WearAMask challenge, which encourages the public to take a photo or a video of themselves wearing a mask, share it on social media and nominate friends to do the same. Dr Tedros noted "As well as being one of the key tools to stop the virus, the mask has come to represent solidarity...By wearing a mask, you’re sending a powerful message to those around you that we are all in this together."

Novos cursos e idiomas na OpenWHO este mês


Boletim informativo mensal

Você pode aceder ao boletim informativo mais recente aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, espanhol, francês, português e russo.

Perguntas mais frequentes

A página das “Perguntas mais frequentes” encontra-se agora disponível em espanhol, francês, inglês, português e russo e podem ser encontradas aqui. A versão em chinês estará disponível brevemente.

Descrição dos canais

Uma curta descrição de cada um dos canais encontra-se agora disponível em chinês, espanhol, francês, inglês, português e russo. Pode aceder aos canais ao clicar no botão do menu suspenso "Canais" que se encontra no topo da página inicial da OpenWHO, entre os botões "Início" e "Cursos".

Novos cursos publicados

Temos o prazer de anunciar os seguintes curso COVID-19 que foram recentemente publicado na OpenWHO:

  • Prevenção e Controlo de Infeção (PCI): Componentes essenciais e estratégias multimodais: Neste curso introdutório você vai aprender os componentes essenciais dos programas de PCI efetivos, incluindo estratégias multimodais para implementação, a nível nacional e das estruturas, de acordo com a evidência científica e recomendações da OMS e especialistas internacionais.
  • Formação da OMS em Avaliação de Riscos de Reuniões de Massas no contexto da COVID-19: O propósito deste curso é o de fornecer orientação às autoridades de saúde e organizadores de eventos de massas no contexto da pandemia da COVID-19, com o objetivo específico de conter os riscos associados com a transmissão desta infeção.
  • Microbiologia básica: Neste curso você irá aprender como os micróbios causadores de doenças, chamados agentes patogénicos, são classificados, identificados e transmitidos. Será introduzido aos princípios microbiológicos básicos, diagnósticos laboratoriais fundamentais e mecanismos pelos quais os micróbios se transmitem e causam doenças.

Novas traduções

Este mês foram publicados 10 cursos para COVID-19:

Pode ter acesso a todos os cursos sobre COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Vídeos disponíveis

Foram adicionados recentemente vídeos nos seguintes cursos:

  • Directrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e resposta do país à COVID-19 em árabe
  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em árabe e espanhol
  • Como utilizar uma máscara de tecido e máscara médica em linguagem gestual indiana

Atualizações ao conteúdo dos cursos

De forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico, os materiais dos cursos seguintes foram revistos e atualizados:

  • PCI para COVID-19 em árabe, francês, russo, indonésio, macedónio, português e turco. Adicionalmente, os vídeos no curso em inglês foram atualizados com os diapositivos mais recentes. Seguir-se-ão em breve os cursos em bengali e sérvio. Todos os outros idiomas estão atualmente a ser actualizados.
  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em urdo. Em breve em persa. Todas as restantes versões linguísticas estão atualizadas.

Atualizações continuam a decorrer para os seguintes cursos. Agradecemos a sua compreensão, você será notificado assim que as atualizações estiverem concluídas:

  • Gestão clínica da COVID-19

Lista completa dos recursos de aprendizagem para COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 116 recursos para COVID-19 em 38 línguas e 16 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes tópicos e línguas para apoiar a resposta à COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, dari, hausa, hindi, húngaro, igbo, linguagem gestual indiana, indonésio, curdo, macedónio, oriá, oromo, persa, português, punjabi, sérvio, somali, swahili, tétum, turco, vietnamita, urdo, iorubá e zulu)

  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português e vietnamita)

  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, Albanian, Bengali, Indonesian, Macedonian, Portuguese, Tetum and Vietnamese)

  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, holandês, indonésio, italiano, japonês, macedónio, polaco, português, sérvio, tétum, turco e vietnamita)

  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português)

  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, italiano e português)

  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em inglês e espanhol)

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, holandês, macedónio, português, tétum e tailandês)

  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, holandês e português)

  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês)

  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês)

  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês)

  • Controlo e Prevenção de Infeção (PCI): componentes essenciais e estratégias multimodais (disponível em inglês)

  • Formação da OMS sobre avaliação de riscos de reuniões de massas no contexto da COVID-19 (disponível em inglês)

  • Microbiologia básica (disponível em inglês)

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

Novos cursos e idiomas este mês na OpenWHO


Boletim informativo mensal

O boletim informativo de junho de 2020 foi publicado. Você pode aceder ao boletim aqui. Note que o boletim atual está disponível apenas em inglês, mas os destaques mais importantes estão também disponíveis em chinês, francês, português, russo e espanhol.

Materiais atualizados para a resposta ao ébola

A OpenWHO tem trabalhado na atualização dos seus cursos de Ébola, tornando-os mais acessíveis em resposta ao último surto na República Democrática do Congo. Encontra-se disponível uma série introdutória em inglês, francês, lingala e suaíli que está atualmente a ser atualizada em colaboração com peritos técnicos da OMS para refletir as orientações mais recentes. Estes módulos estavam anteriormente disponíveis no pacote de recursos sobre Ébola. Encontram-se também disponíveis recursos adicionais como cursos individuais para uma melhor acessibilidade, incluindo a formação Ébola GO 2.0 em francês e o curso de gestão clínica de Ébola em suaíli.

Note que a secção seguinte está apenas disponível em inglês. Posteriormente, o texto estará novamente disponível em português.

Extended deadline – WHO Academy learning strategy process: a call for ideas

The World Health Organization invites you to contribute your Big Idea to shape the future of training and learning in achieving better health for all. The submission form is available in English, French and Spanish. Just click on the relevant link below, select your language at the top of the page and submit your idea or approach in 500 words or less. Deadline for submissions extended until 10 July.

Share your Big Idea here.

Nova opção disponível para a categoria profissional no seu perfil da OpenWHO.

Os utilizadores da OpenWHO podem agora selecionar a opção 'Médico ou profissional de saúde, como clínico, enfermeiro, parteira ou farmacêutico' em resposta à pergunta 'Qual é a sua afiliação profissional?' no seu perfil pessoal. Note que, se adequado, pode voltar ao seu perfil e alterar a sua seleção atual.

Novos cursos e idiomas disponíveis para COVID-19

Na semana passada, o 100º curso para COVID-19 foi lançado na OpenWHO. O 100º curso (uma Introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em iorubá) foi publicado a 26 de junho, exatamente 5 meses após o lançamento do primeiro curso COVID-19 na plataforma.

Novos cursos publicados

Temos o prazer de anunciar o seguinte curso COVID-19 que foi recentemente publicado na OpenWHO:

  • Precauções padrão: Segurança com injeções e gestão de ferimentos com agulhas: neste curso aprenderá sobre as causas de práticas de injeção inseguras, como dar injeções em segurança, e como eliminar com segurança agulhas e outros instrumentos cortantes. Aprenderá também o que fazer em caso de ferimentos com agulhas, como gerir potenciais exposições e formas de se proteger a si mesmo, os funcionários e os pacientes nas suas instalações, e a sua comunidade.

Novas traduções

Este mês foram publicados 12 cursos para COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em igbo, punjabi, iorubá e zulu.
  • Precauções padrão para a higienização das mãos em árabe e russo.
  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 em chinês, holandês, tétum e espanhol.
  • Cuidados Clínicos na SRAG em árabe.
  • Instruções sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em tétum.

Pode ter acesso a todos os cursos para COVID-19 aqui. Você pode utilizar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Certificados agora disponíveis

Os participantes podem agora obter uma Confirmação de Participação se completarem 100% do material do curso no vídeo de Introdução à COVID-19 do curso em linguagem gestual indiana.

Além disso, as regras dos questionários foram alteradas nos seguintes cursos para permitir tentativas ilimitadas nas avaliações:

  • Precauções padrão para a higienização das mãos
  • Precauções padrão para a gestão de resíduos
  • Descontaminação e esterilização de dispositivos médicos
  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente

Vídeos disponíveis

Foram adicionados recentemente vídeos nos cursos seguintes:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo novos coronavírus em chinês.
  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em árabe.

Atualizações ao conteúdo dos cursos

Os materiais dos cursos seguintes foram revistos de forma a refletir as atualizações do conteúdo técnico e estão agora atualizados:

  • Módulos B1, B2 e D da introdução geral aos vírus respiratórios emergentes, incluindo os novos coronavírus em francês e português. As versões em persa e urdo estarão disponíveis em breve. Todas as outras versões linguísticas foram atualizadas em maio.
  • PCI para COVID-19 em inglês. Todas as traduções serão também atualizadas em breve.

Atualizações continuam a decorrer para os seguintes cursos. Agradecemos a sua compreensão, você será notificado assim que as atualizações estiverem concluídas:

  • Cuidados Clínicos na SRAG

Lista completa dos recursos de aprendizagem para COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem agora 103 recursos para COVID-19 em 34 línguas e 13 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que cobrem os seguintes tópicos e línguas para apoiar a resposta ao COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, amárico, bengali, haúça, hindu, húngaro, igbo, indonésio, linguagem gestual indiana, macedónio, oriá, persa, português, punjabi, sérvio, suaíli, tétum, turco, vietnamita, urdo, ioruba e zulu);
  • Cuidados clínicos na SRAG (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedónio, português e vietnamita);
  • Informações sobre saúde e segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, indonésio, macedónio, português, tétum e vietnamita);
  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, italiano, japonês, macedónio, polaco, português, sérvio, turco e vietnamita);
  • Diretrizes de planeamento operacional e plataforma de parceiros para apoiar a preparação e a resposta do país à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, indonésio e português);
  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, italiano e português;
  • Uma introdução ao Go.Data (disponível em espanhol e inglês);
  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, albanês, holandês, macedónio, português, tétum e tailandês);
  • Precauções padrão para higienização das mãos (disponível em árabe, francês, inglês, russo e português);
  • Precauções padrão para gestão de resíduos (disponível em inglês);
  • Descontaminação e esterilização de equipamentos médicos (disponível em inglês);
  • Precauções padrão para limpeza e desinfeção do ambiente (disponível em inglês)
  • Precauções padrão para segurança com injeções e gestão de feridas causadas por agulhas (disponível em inglês).

Com os melhores cumprimentos,

A equipa OpenWHO

100th COVID-19 course launched on OpenWHO!


OpenWHO launched its 100th course to support the response to coronavirus disease on 26 June, exactly 5 months after launching its first COVID-19 course.

This milestone course provides an introduction to COVID-19 in Yoruba. The introductory course is also under development in Punjabi, Zulu, Igbo, Somali and Oromo.

OpenWHO knows from experience and research that people prefer information in their own language. That's why the free learning platform has prioritized the translation of COVID-19 courses not only into the 6 official UN languages, but also into diverse national languages spoken across the globe, to help localize the response.

In total, OpenWHO offers courses on 13 different COVID-19 topics across 31 languages. The platform has nearly 3.7 million course enrolments, with new users joining every day.

Spotlight on IPC course series


OpenWHO hosts a growing series of courses addressing infection prevention and control (IPC) topics on the platform’s COVID-19 learning channel.

The WHO IPC team partnered with OpenWHO to adapt existing learning materials for the OpenWHO platform to reach a broader audience, strengthening IPC in the context of the COVID-19 pandemic.

An injection safety course was launched 23 June. Other courses cover hand hygiene (now in 4 languages), waste management, decontamination of medical devices and environmental cleaning.

There are 305 000 total course enrolments in the series and 169 000 certificates have been issued. The next course will focus on IPC core components and multimodal strategies.

OpenWHO also hosts courses tailored specifically to the COVID-19 response that provide an overview of IPC and explain how to put on and remove personal protective equipment.

Novos cursos e idiomas disponíveis este mês para COVID-19 na OpenWHO


Por favor, note que a primeira seção desse comunicado está disponível apenas em inglês. O texto a seguir está disponível em português.

WHO Academy learning strategy process: a call for ideas

The World Health Organization invites you to contribute your Big Idea to shape the future of training and learning in achieving better health for all.

The submission form is available in English, French and Spanish. Just click on the relevant link below, select your language at the top of the page and submit your idea or approach in 500 words or less. Deadline for submissions extended until 30 June.

Share your Big Idea here.

Agora disponível, para profissionais de saúde: a aplicação móvel COVID-19 da Academia da OMS

A aplicação móvel COVID-19 da Academia da OMS foi desenvolvida especificamente para profissionais de saúde e foi projetada para permitir que eles melhorem os seus conhecimentos e competências por forma a salvar vidas e combater a COVID-19.

Com conteúdos em árabe, chinês, inglês, francês, português, russo e espanhol, a aplicação fornece acesso a diversos recursos de conhecimento COVID-19 desenvolvidos pela OMS, incluindo recomendações, ferramentas, cursos e eventos virtuais para apoiar os profissionais de saúde nos cuidados aos pacientes afetados e na proteção de si mesmos durante o seu trabalho.

A aplicação pode ser encontrada via link direto para a Apple App Store e para o Google Play Store ou pesquisando “WHO Academy” nas lojas.

Novos Cursos e idiomas para COVID-19 disponíveis:

Temos o prazer de anunciar os dois cursos seguintes, que se encontram disponíveis na OpenWHO:

  • Descontaminação e esterilização de dispositivos médicos: Os processos de esterilização e descontaminação são complexos, exigem infraestrutura, equipamentos e processos específicos. Neste curso, que se encontra dividido em duas seções, você aprenderá sobre o procedimento geral para gerenciar a descontaminação e esterilização de dispositivos médicos.
  • Precauções Padrão: Limpeza e desinfecção ambiental: Neste curso, você vai aprender sobre o papel do profissional de PCI na limpeza do ambiente e compreender como a limpeza e desinfecção previnem a contaminação do ambiente.

Novas traduções para COVID-19

Foram recentemente publicados os 10 cursos seguintes para COVID-19:

Todos os cursos sobre COVID-19 podem ser acessados aqui. Você pode usar a barra de ferramentas para filtrar os cursos por idioma.

Certificados agora disponíveis

Os participantes que obtiverem 80%, ou mais, nas avaliações dos seguintes cursos, podem agora obter um Certificado de Aprovação:

  • Informação sobre Saúde e Segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em russo, espanhol e bengali.
  • Novos vírus respiratórios incluindo COVID-19: métodos de deteção, prevenção, resposta e controle em bengali e persa.

Vídeos agora disponíveis

Foram recentemente adicionados vídeos aos seguintes cursos:

  • Preparação e Resposta dos Países em francês.
  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em italiano e português.

Atualizações ao conteúdo do curso

Os materiais dos cursos seguintes foram revisados e estão agora atualizados com conteúdo técnico atualizado:

  • Módulos B1, B2 e D do curso Novos vírus respiratórios incluindo COVID-19: métodos de deteção, prevenção, resposta e controle, em árabe, chinês, espanhol, inglês, russo, bengali, hindi, húngaro, indonésio, língua amárica, oriá, sérvio, suaíli, turco e vietnamita. Francês, hausa, persa, português e urdo em breve.
  • PCI para COVID-19 em inglês. Brevemente serão feitas atualizações nas restantes traduções.

Vídeo Atualizado: COVID-19 Explicado (junho 2020)

Clique aqui para assistir a um vídeo atualizado, que oferece uma breve explicação sobre o que se sabe atualmente sobre o COVID-19.

Lista completa dos recursos de aprendizagem sobre COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem atualmente disponíveis 90 recursos de aprendizagem sobre COVID-19 em 29 idiomas e 12 tópicos. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que abrangem os seguintes tópicos e idiomas para apoiar na resposta ao COVID-19:

  • Uma introdução geral aos vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, alemão, bengali, hausa, hindi, húngaro, indonésio, língua amárica, língua gestual indiana, macedônio, oriá, persa, português, sérvio, suaíli, tétum, turco, vietnamita e urdu);
  • Cuidados clínicos no contexto da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, macedônio, português e vietnamita);
  • Informação sobre Saúde e Segurança para doenças respiratórias – ePROTECT (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, albanês, bengali, indonésio, macedônio, português e vietnamita);
  • PCI para COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, italiano, japonês, macedônio, polaco, português, sérvio, turco e vietnamita);
  • Diretrizes de planejamento operacional e plataforma de parceiros para acompanhar a preparação e resposta dos países à COVID-19 (disponível em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio e português);
  • Projeto de Unidade de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (disponível em árabe, espanhol, francês, inglês, russo, indonésio, italiano e português);
  • Uma Introdução ao Go.Data (disponível em inglês e espanhol);
  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 (disponível em árabe, francês inglês, albanês, macedônio, português e tailandês);
  • Precauções básicas para higienização das mãos (disponível em francês, inglês e português);
  • Precauções padrão para gerenciamento de resíduos (disponível em inglês e brevemente disponível em idiomas adicionais);
  • Descontaminação e esterilização de dispositivos médicos (disponível em inglês e brevemente em outros idiomas); e
  • Precauções Padrão: Limpeza e desinfecção ambiental (disponível em inglês e brevemente em outros idiomas).

Boletim mensal

O boletim para o mês de maio de 2020 da OpenWHO foi publicado. Pode consultá-lo aqui.

Com os melhores cumprimentos,

A Equipa OpenWHO

WHO Academy learning strategy process: a call for ideas


The World Health Organization invites you to contribute your Big Idea to shape the future of training and learning in achieving better health for all.

The WHO Academy, a lifelong learning centre scheduled to launch next year, is working to scale up learning for impact through digital and face-to-face courses, reaching millions of health workers and others worldwide through the latest technologies and advancements in learning science.

As a key part of this effort, we are working with experts and practitioners to develop a global learning strategy that will shape the future of WHO’s approach to training and learning for achieving health goals and the health-related Sustainable Development Goals.

As part of a broader consultation process with experts in health, learning and education, and digital technologies, we would now like to invite everyone with an interest in this topic to join in this endeavor by contributing their ideas to the WHO’s learning strategy.

Accordingly, we have established a Call for Ideas so that anyone can share their Big Idea on how to enhance the quality and impact of training and lifelong learning approaches in health.

The submission form is available in English, French and Spanish. Just click on the relevant link below, select your language at the top of the page and submit your idea or approach in 500 words or less.

Share your Big Idea here.

We will use the responses we receive to develop WHO’s global learning strategy to ensure that all who are involved in the world’s health and social-care systems have ample opportunities to strengthen the competencies they need to save lives and improve health outcomes in their communities.

The deadline for submissions has been extended to 10 July.

Agora disponível, para profissionais de saúde: a aplicação móvel COVID-19 da Academia da OMS


A aplicação móvel COVID-19 da Academia da OMS foi desenvolvida especificamente para profissionais de saúde e foi projetada para permitir que eles melhorem os seus conhecimentos e competências por forma a salvar vidas e combater a COVID-19.

Com conteúdos em árabe, chinês, inglês, francês, português, russo e espanhol, a aplicação fornece acesso a diversos recursos de conhecimento COVID-19 desenvolvidos pela OMS, incluindo recomendações, ferramentas, cursos e eventos virtuais para apoiar os profissionais de saúde nos cuidados aos pacientes afetados e na proteção de si mesmos durante o seu trabalho.

A aplicação pode ser encontrada via link direto para a Apple App Store e para o Google Play Store ou pesquisando “WHO Academy” nas lojas.

Novos Cursos para COVID-19 disponíveis


Foram disponibilizados esta semana os seguintes recursos para COVID-19:

  • Como colocar e remover o EPI para COVID-19 em albanês e macedónio
  • Projeto de Unidade de Tratamento para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em francês
  • Cuidados Clínicos no contexto da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em macedónio
  • Preparação e Resposta dos Países em espanhol
  • Informação sobre Saúde e Segurança para doenças respiratórias – ePROTECT em vietnamita

Novos certificados disponíveis

Os participantes podem agora obter um Certificado de conclusão do curso, se conseguirem obter uma pontuação de pelo menos 80% nas avaliações dos seguintes cursos:

Vídeos agora disponíveis

Foram recentemente adicionados vídeos ao curso de Preparação e Resposta dos Países em Russo. Serão disponibilizados idiomas adicionais em breve

Atualizações de conteúdo nos cursos

Por favor, note que neste momento estão a ser atualizados os seguintes cursos com conteúdo técnico atualizado. Você será notificado assim que os materiais atualizados estiverem disponíveis:

  • PCI para COVID-19
  • Cuidados clínicos no contexto da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)

Adicionalmente, os módulos B1, B2 e D do curso introdutório sobre vírus respiratórios emergentes incluindo os novos coronavírus, foram recentemente atualizados e as atualizações estão a ser implementadas em todas as versões linguísticas do curso. Você será atualizado à medida que forem feitos progressos a este respeito.

Lista completa dos recursos de aprendizagem sobre COVID-19

Temos o prazer de anunciar que a OpenWHO tem atualmente disponíveis 78 recursos de aprendizagem sobre COVID-19 em 26 idiomas. Em suma, a OpenWHO oferece atualmente cursos que abrangem os seguintes tópicos e idiomas para apoiar na resposta ao COVID-19:

Por favor note que o texto seguinte está disponível apenas em inglês. O formulário de submissão está disponível em inglês, francês e espanhol.

WHO Academy learning strategy process: a call for ideas

The World Health Organization invites you to contribute your Big Idea to shape the future of training and learning in achieving better health for all.

The WHO Academy, a lifelong learning centre scheduled to launch next year, is working to scale up learning for impact through digital and face-to-face courses, reaching millions of health workers and others worldwide through the latest technologies and advancements in learning science.

As a key part of this effort, we are working with experts and practitioners to develop a global learning strategy that will shape the future of WHO’s approach to training and learning for achieving health goals and the health-related Sustainable Development Goals.

As part of a broader consultation process with experts in health, learning and education, and digital technologies, we would now like to invite everyone with an interest in this topic to join in this endeavor by contributing their ideas to the WHO’s learning strategy.

Accordingly, we have established a Call for Ideas so that anyone can share their Big Idea on how to enhance the quality and impact of training and lifelong learning approaches in health.

The submission form is available in English, French and Spanish. Just click on the relevant link below, select your language at the top of the page and submit your idea or approach in 500 words or less.

Share your Big Idea here.

We will use the responses we receive to develop WHO’s global learning strategy to ensure that all who are involved in the world’s health and social-care systems have ample opportunities to strengthen the competencies they need to save lives and improve health outcomes in their communities.

The closing date for the first round of ideas is 8th June 2020.

Com os melhores cumprimentos,

A equipe OpenWHO

How can I protect myself from COVID-19?


In February, OpenWHO released a short animated video that explains 6 ways a person can protect themselves and others from COVID-19:

  1. Wash hands regularly using soap and water or an alcohol rub if hands are not visibly dirty.
  2. Practice respiratory hygiene by covering your nose and mouth when coughing or sneezing, using a flexed elbow or tissue. Throw the tissue into a closed bin afterwards and wash your hands.
  3. Maintain social distancing - at least 1 metre (3 feet).
  4. Avoid touching your eyes, nose and mouth.
  5. Use masks and personal protective equipment if you are sick, when caring for someone who is sick or in a healthcare setting.
  6. Stay home if you are unwell, but if you have a fever, cough and difficulty breathing, seek medical care.

You can watch the video and enrol in the eProtect course for respiratory infections here. The course is also available in the following languages: français, Bahasa Indonesia, русский, Português, 中文, Español, العربية and Tiếng Việt.

The complete list of OpenWHO's resources for COVID-19 can be found here.

Novos cursos e idiomas disponíveis


Temos o prazer de anunciar três novos cursos que se encontram atualmente disponíveis na plataforma OpenWHO:

  • Precauções Padrão: Gestão de resíduos: Neste curso, você irá aprender sobre as diferentes categorias de resíduos e o processo de gestão de resíduos. A gestão de resíduos sanitários inclui todos os resíduos gerados pelas unidades de cuidados de saúde, pesquisa e laboratórios no processo de providenciar serviços de saúde. A gestão de resíduos sanitários numa estrutura de saúde deve ser gerida desde o ponto de geração até a disposição e remoção final.
  • Regulamentação de produtos de tabaco: Manual básico: Embora o consumo de tabaco seja um grave problema de saúde pública, os produtos de tabaco são um dos poucos produtos de consumo abertamente disponíveis que em muitos países não são praticamente regulamentados quanto a conteúdo, emissões e características de design. Nesta série de três partes, você irá primeiro rever os fundamentos da regulamentação de produtos de tabaco e orientação internacional (Seções 1-2), etapas para avaliar as necessidades e capacidade regulatória e considerações regulatórias (Seções 3-4) e, finalmente, implementação e desafios potenciais, tabaco novo e modificado ou produtos relacionados, e testes e divulgação (Seções 5-7).
  • Regulamentação de produtos de tabaco: Construindo capacidade de testes laboratoriais: Nos últimos tempos, as autoridades de saúde têm se mostrado cada vez mais interessados no potencial da regulamentação dos produtos de tabaco para reduzir a morbidade e mortalidade associadas ao seu consumo. Este curso fornece abordagens práticas, passo a passo, para a implementação de testes de tabaco para melhorar a regulamentação dos produtos de tabaco. Tais orientações são relevantes para uma ampla gama de países em vários cenários, mesmo aqueles com recursos inadequados para estabelecer uma instalação de testes.

COVID-19 materiais agora disponíveis em 25 idiomas!

A Plataforma OpenWHO tem agora um total de 72 recursos para COVID-19 em 25 idiomas, os mais recentes em língua Amárica, Haúça, Oriá e Suaíli. Desde a quinta-feira passada foram adicionadas 9 novas versões linguísticas:

Lista completa dos materiais de aprendizagem para COVID-19

Em resumo, a OpenWHO oferece cursos que abrangem os seguintes tópicos e idiomas, para apoiar a resposta à COVID-19:

Com os melhores cumprimentos,

OpenWHO team