Cromoblastomicose: um treinamento para profissionais de saúde a nível nacional e distrital

Em 2017, a OMS adicionou a cromoblastomicose (também chamada de cromomicose) à lista de doenças tropicais negligenciadas. A cromoblastomicose é uma infecção fúngica crônica e progressiva da pele e do tecido subcutâneo. É causada por fungos demáceos que vivem no solo e na matéria vegetal e afeta principalmente pessoas que vivem em regiões tropicais e subtropicais. O principal mecanismo de infecção é por inoculação traumática (por exemplo, durante o trabalho agrícola). O diagnóstico e o tratamento precoces são fundamentais, uma vez que a doença pode progredir e envolver fibrose tecidual e linfedema grave, levando ao estigma e à incapacidade. Os métodos de prevenção, incluindo o uso de roupas e sapatos de proteção, têm potencial para reduzir infecções.

Este curso tem como objetivo fornecer informações básicas para que os profissionais de saúde da linha de frente reconheçam e tratem a cromoblastomicose. O curso também apresentará notas de campo para demonstrar como esta doença fúngica é tratada em diferentes partes do mundo.

Crédito da foto: OMS / A. Tao

En modo autodidacta
Idioma: Português
NTD

Información del curso

Este curso também está disponível nas seguintes línguas:

English

Visão geral do curso: A cromoblastomicose, uma micose de implantação (doença fúngica), é uma infecção crônica da pele e do tecido subcutâneo. Normalmente afeta pessoas imunocompetentes em áreas tropicais e subtropicais, causando estigma e incapacidade substanciais. Doenças associadas a viagens podem ocorrer em todo o mundo.

O objetivo do curso é fornecer informações sobre epidemiologia, apresentação clínica, diagnóstico e tratamento da cromoblastomicose. Este curso foi projetado para aumentar o conhecimento e as competências dos gestores de programas nacionais e dos profissionais de saúde da linha da frente para enfrentar esta doença. O curso também fornece notas de campo de vários países para destacar abordagens bem-sucedidas para o tratamento da cromoblastomicose em diferentes regiões.

Duração do curso: Aproximadamente uma hora.

Certificados: Um Certificado de Realização estará disponível para os participantes que obtiverem pontuação de pelo menos 80% na avaliação final. Os participantes que receberem um Certificado de Conquista também poderão baixar um Open Badge para este curso. Clique aqui para saber como.

Lo que aprenderá

  • Descrever a distribuição geográfica da cromoblastomicose
  • Identificar apresentações clínicas comuns de cromoblastomicose
  • Explicar diferentes técnicas laboratoriais para identificar fungos que causam cromoblastomicose
  • Descrever o tratamento e as intervenções não farmacológicas para a cromoblastomicose
  • Identificar o impacto que o estigma tem no bem-estar social dos pacientes com cromoblastomicose
  • Explicar como diferentes países abordam a cromoblastomicose nas suas regiões

Contenido del curso

  • Módulo 1: Bem-vindo ao curso - Introdução às DTNs, DTNs cutâneas e cromoblastomicose:

    Ao final deste módulo, você irá: descrever a estrutura do curso e o âmbito de cada módulo. Este módulo introdutório dá uma visão geral das doenças tropicais negligenciadas (DTN), das DTN cutâneas e da cromoblastomicose. Ao final do módulo, você irá: explicar informações gerais relacionadas às DTNs, DTNs da pele e uma visão histórica da cromoblastomicose.
  • Módulo 2: Epidemiologia e apresentação clínica:

    Ao final do módulo, você descreverá a distribuição, impacto, organismos causadores, fatores de risco e transmissão da cromoblastomicose. Também descreverá as características clínicas para orientar o diagnóstico, locais do corpo afetados e diagnósticos diferenciais comuns
  • Módulo 3: Diagnóstico laboratorial; Manejo e Tratamento; Estigmatização e impacto socioeconômico:

    Ao final deste módulo, você: descreverá diferentes testes laboratoriais, achados histopatológicos comuns e métodos de coleta de amostras; descreverá o tratamento a ser administrado aos pacientes, dosagens, efeitos colaterais, quando a cirurgia pode ser indicada, cuidados com feridas, outras terapias não farmacológicas e como identificar quando interromper o tratamento; identificará o impacto negativo que a cromoblastomicose pode ter sobre os pacientes e suas famílias, o custo do tratamento de longo prazo, a incapacidade e o estigma associado à doença fúngica.
  • Módulo 4: Notas de campo do Brasil, China e Madagascar:

    Ao final deste módulo, você identificará como os profissionais de saúde no Brasil, Madagascar e China controlam e manejam a cromoblastomicose em seus respectivos países.

Matricularme en este curso

El curso es gratuito. Solo tiene que crear una cuenta en OpenWHO ¡y ya puede hacer el curso!
Matricularme ahora

Requisitos para el certificado

  • Obtenga un certificado de estudios al obtener más del 80% del número máximo de puntos de todos los trabajos evaluados.
  • Obtenga una insignia digitale abierta al completar el curso.